Parece mas não é… Quando o que parece não é o que parece!

Se quiserdes e me ouvir, terás o melhor desta terra”(Isaías 1.19)
  Certo homem decidiu fazer uma viagem de navio, mas como só tinha o dinheiro da passagem, isolou-se dos demais passageiros… Todas as vezes que chegava a hora das refeições ele dava um jeito de sair fora e era o único que não participava.
A viagem foi muito longa, de várias dias. Quando já estava chegando no final, um dos funcionários do navio foi fazer uma inspeção de rotina e encontrou esse homem fraco, desnutrido e quase morto. Desesperado, o funcionário o acordou dizendo:_ moço,moço! O senhor está muito fraco; não se alimenta desde quando?
Desde o embarque – respondeu o passageiro, já sem forças para falar.
Mas por que o Senhor não se alimentou?
Eu só tinha dinheiro para a passagem… segurando o bilhete de embarque.
Perplexo o funcionário toma o bilhete da mão do homem e diz:
Senhor, o bilhete lhe dava direito à passagem e a todas as refeições.
O homem sem acreditar quase  morre; só que agora não de fome, mas de angústia por estar sofrendo desnecessariamente.
Essa história parece com a sua?
Muitos crentes vivem assim… Com o bilhete liberado para tudo porém,sem nada… por desconhecer os seus direitos… ou por não viver na intimidade de poder desfrutar do que tem, por achar que não merece, que não tem condições, por não acreditar.  Um filho do rei vivendo como mendigo. Por desconhecer os planos de Deus acaba-se vivendo os próprios planos…
Atente para o que Deus tem pra você.  Segure  o seu bilhete mas, certifique-se do que ele tem para te oferecer.
Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A família não é uma instituição falida... falido é satanás!

Um amor que começa em Deus...