KOYNONIA-KOYNONIA-KOYNONIA-KOYNONIA-KOYNONIA-KOYNONIA

KOYNONIA - IRMÃO - KOYNONIA - UNIÃO - KOYNONIA - COMUNHÃO - KOYNONIA - UNIÃO - KOYNONIA - IRMÃO - KOYNONIA -

domingo, 25 de junho de 2017

Sob os cuidados divinos...

Sabe, aquele dia que a febre, dor no corpo e outras coisas te pegam de jeito... o jeito é cama, edredom e cuidados. No meu caso, estou literalmente, sob os cuidados de Deus. Para esse dia, talvez você pense em um texto bíblico de consolo porém, para mim, o texto foi, Salmo 62:

A minha alma descansa somente em Deus; dele vem a minha salvação.
Somente ele é a rocha que me salva; ele é a minha torre segura! Jamais serei abalado!
Salmos 62:1,2


Veja bem, Deus tem me orientado nesse tempo, que o livro de Salmos não é só um livro de louvores simplesmente... é um livro de batalhas travadas com o inferno e um livro que descreve fortes e grandes livramentos. Cada salmo escrito sugere um nível de guerra fora de um contexto, meramente, humano. Eu diria, que 90 % desses escritos orienta-nos sobre comportamentos diante das ciladas. Sim, são experiências de um guerreiro nato, Davi. Tanto, que não construiu o templo que desejou para culto a Deus mas, Salomão. Davi expressa em seus momentos de louvor a forma como Deus o acolheu em cada circunstância. Então, especialmente, aqui, no 62, ele dá uma dica um pouco difícil de seguir porém, funcional!
A minha alma descansa... como manter-se descansado em lutas? Davi sabia que seu braço não o serviria de nada. Que suas armas menos ainda... e que seu exército era falho, humano.  

Descanse somente em Deus, ó minha alma; dele vem a minha esperança.
Somente ele é a rocha que me salva; ele é a minha torre alta! Não serei abalado!
A minha salvação e a minha honra de Deus dependem; ele é a minha rocha firme, o meu refúgio.
Salmos 62:5-7

Nem para mantermos nossa própria honra, servimos. Dependemos de Deus... é um fato. 

Confiem nele em todos os momentos, ó povo; derramem diante dele o coração, pois ele é o nosso refúgio.
Salmos 62:8

Nesse versículo a Bíblia NVI, sugere pausa... a pausa na música é para respirar, e voltar com um folego novo e forte.  Gosto dessa sugestão, nas batalhas.... precisamos também de uma pausa. De recuperarmos a força, recobramos o animo e voltarmos com tudo. 

E então, dá uma dica que serve para todos: Não confie nas pessoas, nem espere algo delas. Também, não se garanta em riquezas, ou em si mesmo...
Uma vez Deus falou, duas vezes eu ouvi, que o poder pertence a Deus.
Contigo também, Senhor, está a fidelidade. É certo que retribuirás a cada um conforme o seu procedimento
Salmos 62:11,12


Davi ouvia Deus... essa, era a razão dele confiar cegamente em Deus, esperar o melhor de Deus e descansar em Deus. 

E aí, estamos ouvindo Deus?

Uma certeza... Cada um receberá segundo aquilo que faz!
Que Deus tremendo, não?
Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Passemos para o outro lado... mudança de nível.

O mesmo Deus que sopra o vento... acalma a tempestade. 







E levantou-se grande temporal de vento, e subiam as ondas por cima do barco, de maneira que já se enchia.
E ele estava na popa, dormindo sobre uma almofada, e despertaram-no, dizendo-lhe: Mestre, não se te dá que pereçamos?
E ele, despertando, repreendeu o vento, e disse ao mar: Cala-te, aquieta-te. E o vento se aquietou, e houve grande bonança.
E disse-lhes: Por que sois tão tímidos? Ainda não tendes fé?
E sentiram um grande temor, e diziam uns aos outros: Mas quem é este, que até o vento e o mar lhe obedecem?
Marcos 4:37-41


Quem é este?



Eis uma pergunta que o inferno quer calar. Pois todas as vezes que alguém faz tal pergunta o céu é revelado.

Quantas vezes você já ficou maravilhado com a ação de Deus diante de alguma impossibilidade ? Assim, era no coração dos discípulos. Olhos abertos e atentos a toda ordem dada aos fenômenos da natureza... mão na boca ao perceber que a obediência era total e imediata. Alívio no coração ao desfrutar a bonança, tranquilidade e paz, depois de uma tremenda tempestade à vista. Me atrevo a pensar que todos, exceto Jesus, estavam tremendo de medo, apavorados e descartando a volta para terra firme. Veja, a palavra foi: Mestre, não se te dá que pereçamos? Ou seja, como consegue dormir diante do pior que está preste a acontecer? Diante dos discípulos era o pior... diante de Jesus, o milagre, o extraordinário, o incomum, o sobrenatural. Pra Jesus, tempestade é sinônimo de oportunidade... nunca se esqueça disto! Momento de inflamar a alma deles com a fé sem limite. Antes de tudo isso acontecer, eles estavam ouvindo sobre as sementes lançadas em diversos solos. E a parábola falava da terra boa, que ao receber a semente, gerava abundante semeadura. E depois do ensinamento teórico, ele faz o convite: 


 

"Passemos para o outro lado." Ou seja, agora a prática de tudo que ouviram. A semente era a palavra, e a terra era o coração deles porém, o adubo era a fé. E nada como uma terrível tempestade para exercitar a fé. Nada como um grande evento sobrenatural para demostração de autoridade espiritual...


Passemos para o outro lado... Toda vez que Deus nos propor tal coisa, haverá um novo ambiente de fé preparado para nós. Uma vez passado por lá, outro nível de vida espiritual alcançaremos.


Outro nível de fé, de vida abundante com ele, vivenciaremos.


Quem é este?


O mesmo Deus que sopra o vento é o que acalma a tempestade.


Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.

terça-feira, 20 de junho de 2017

A uma esquina da sua vitória...



Depois de uma longa e cansativa viagem os motoristas fatigados tendem já perto de casa se descuidarem, por ansiedade e cansaço talvez, acabam por cometerem os maiores e piores acidentes... às vezes, na esquina de sua chegada. 

Você já caminhou tanto, já viu Deus fazendo tanto, já experimentou tanto... agora, persista atento e firme. Não se deixe esmorecer!!! Estás a uma esquina de sua vitória... creia!

Eu sei, você está cansado e ansioso. Deus sabe da luta do seu corpo. Deus sabe, Deus vê, Deus conhece. Não desista... não agora. Você está apenas a uma esquina da sua vitória!

"O dia mais perigodo em sua vida é aquele em que você não requer um milagre." Oral Roberts

Deus só é impressionado por um ato de fé. Mike Murdock

Deus me falou assim... e penso que pode estar querendo falar com alguém, também. 

Pela cruz, Maristela Guimarães.

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Não fuja do seu deserto!

O deserto de Midiã

Então, Moisés descobriu sua verdadeira família, povo, e se sentiu no dever de ajudá-los. Com isso, um dia sem pensar, agindo na euforia para defender seu povo, movido pelo amor nacional, se sentindo como "o libertador", matou um homem  defendendo um hebreu. A coisa tomou uma proporção tão grande que ele teve que sair fugido para se esconder no deserto. No coração de Moisés pairou o medo... e o deserto, que pode parecer um lugar indevido para se feliz e realizar coisa novas e importantes, foi justamente o lugar de um novo começo para um grande homem que Deus haveria de o tornar.


No deserto, Moisés obteve as maiores realizações de um ser humano.
A primeira: Casamento. Conheceu Reuel, que lhe ofereceu moradia, casa e depois lhe deu a mão de Zípora, a filha, em casamento. Veja bem, no Egito, cheio de riquezas e mulheres lindas, não se casou... mas num lugar dificil, improvável, longe de todas as pessoas que conhecia, fora do contexto religioso e cultural de seu povo, Deus o abençoou e lhe tornou um homem amado e que amava... ali, ele se estabeleceu.

A segunda: Paternidade. Se tornou pai de dois meninos, Gérson ( peregrino) e Eliezer (Deus é ajuda). Que o deserto é uma escola, todos sabemos, mas alguns, vão além, conseguem sair diplomados e empossados como mestres... Observando o nome do primeiro filho, encontramos o conceito de Moisés sobre seu deserto: O deserto não é permanente, é passageiro, uma peregrinação; No segundo filho, encontramos uma outra informação preciosa: O deserto não é ausência de Deus. Moisés soube tirar proveito do deserto e fazer uma leitura bem positiva dele. Moisés não parou e ficou chorando, se lamentando... ele decidiu viver da melhor maneira possível no seu deserto.

Terceira: Ministério. Encontrou Deus, conheceu a Deus e foi, tremendamente, usado por Deus. Ponto de encontro: Sarça ardente. Moisés viu que a sarça não era consumida pelo fogo e decidiu descobrir o mistério. Foi a primeira vez que ele falou com Deus... e depois, seguiu num relacionamento forte com Ele.

No Egito, Moisés se sentiu "o libertador"... no deserto, Deus o fez libertador. No Egito, Moisés agiu na força do braço... no deserto, Moisés aprendeu a agir na força de Deus. E aí, voltou para o Egito cheio de Deus e vazio de si mesmo. Bem, Moisés viveu por 40 anos no Egito, 40 anos no deserto de midiã, e os outros 40 também no deserto, com o povo de Deus, morrendo com 120 anos... 

Aprendo com Moisés que deserto nunca será problema... é solução!!!

Texto base para essa postagem: ( Êxodo 2:11...)

Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.


quinta-feira, 15 de junho de 2017

Abra os olhos...

Sete camundongos cegos...

Um dia, sete camundongos cego se espantaram ao topar com uma coisa estranha perto da lagoa.
-O que é isso? - eles perguntaram, e voltaram correndo pra casa.
Na segunda-feira, o camundongo Vermelho foi o primeiro a ir lá para verificar. 
- É um pilar - ele disse. Ninguém acreditou.
Na terça-feira, lá se foi o camundongo Verde.
Ele foi o segundo a verificar.
- É uma cobra. ele disse. 
-Não. - disse o camundongo Amarelo na quarta-feira.
-É uma espada. 
Ele foi o terceiro.
O quarto foi o camundongo Roxo.
Ele foi na quinta-feira.
-É um rochedo enorme, ele disse.
O quinto foi o camundongo Laranja, que foi na sexta.
-É um leque - ele exclamou. - Ele se mexeu. 
O sexto foi o camundongo Azul.
Ele foi no sábado e disse.
-É só uma corda.
Mas os outros não concordaram. E começou a discussão.
- Uma cobra! Uma corda! Um leque!Um rochedo.
Até que no domingo o sétimo camundongo, o camundongo Branco, foi  até a lagoa.
Chegou até a coisa, subiu correndo por um lado, desceu correndo pelo outro. Subiu até o alto e atravessou de uma ponta a outra. 
-Ah!- disse o camundongo Branco,
-Já sei!A coisa é
firme como um pilar,
flexível como uma cobra,
grande como um rochedo,
afiada como uma espada,
suave como um leque,
áspera como uma corda,
mas no todo a coisa é um elefante!
E, quando os outros camundongos subiram correndo por um lado, desceram correndo por outro, atravessaram a coisa de uma ponta a outra, todos concordaram.Também acabaram percebendo.
Moral dos camundongos: saber em partes pode dar um história ótima, mas a sabedoria vem de conhecer o todo.

(ED Young)
Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.



terça-feira, 13 de junho de 2017

Um amor de dois...




Ser um, sendo dois... mistério divino.
AMORDEDOIS
Amor de dois... 

Um a corda
Outro, brasa
Uma brasa que não se apagava...
Uma corda que não se rompia.

Um se chamava Esperança
outro, Desejo
A corda 
um laço  ajeitou...
A brasa
 Um sim 
no peito acalentou.

E Deus  
deu logo um jeito...
Juntou a esperança com o desejo
E em amor os dois
aliançou.

Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães

segunda-feira, 12 de junho de 2017

O mistério de ser um, sendo dois...

Ser um, sendo dois... mistério divino.
#serumsendodois

"Por isso deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e unir-se-á a sua mulher,
E serão os dois uma só carne; e assim já não serão dois, mas uma só carne."


Penso que o objeto que pode trazer a ideia inicial do texto, sem dúvida, é o grampo de cabelo. 
Duas cabeças, um só corpo. 

Então, vamos  aprender  observando...

Um grampo não prende... mas ajeita!

Seja qual for o tipo de cabelo... se for pra prender os fios, tem que ser mais de um ou, outro prendedor. Mas se for só pra ajeitar uma mecha e outra, ele serve. 

O amor não prende... não é esse o objetivo do amor. As pessoas não perdem suas personalidades por conta de outras. As pessoas não deixam de ser quem são por causa do ser amado. As pessoas não mudam só porque estão amando... 


Mas que o amor ajeita, isso ajeita!
As pessoas ficam mais felizes, tendem estar mais dispostas, bem humoradas... divertidas. E até mais bonitas, porque o amor, enfeita... traz cor a vida!

O amor é como grampo... um só corpo, uma só carne mas, duas cabeças!

É verdade! Uma cabeça pensa bem, duas então? Isso quando estão de acordo... do contrário, Deus que proteja! Abrir mão de ser o certo na situação, de decidir e tomar iniciativas por ambos... 
Renúncia, acordos, alianças. 
Um mistério, essa coisa de ser um, sendo dois...

Alguém já disse: "Se quiser chegar mais rápido vai sozinho... mas, se for para ir mais longe, vá acompanhado."

Ser um não é uma maldição... mas ser dois é uma benção! Palavras de Deus: 
"Não é bom que o homem fique só."

Se Deus, o criador,  chegou a essa conclusão... 

Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem.
Marcos 10:7-9




Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães. 


domingo, 11 de junho de 2017

O mistério de pastorear...

Dar-vos-ei pastores segundo o meu coração, que vos apascentem com conhecimento e inteligência. Jeremias 3:15 

Então, o ofício de pastorear é antigo... não é coisa do Novo Testamento. Pastorear sempre foi algo considerado por Deus. Dentre tantos conceitos hoje, quero considerar o que, particularmente, o Espírito Santo me ensina: 

Pastorear é abraçar a dor que não é sua, chorar o choro que não é seu, sofrer as aflições que não é de sua carne, orar, jejuar para outros... cuidar de ovelhas que também não são suas mas, de Deus.

"...e haverá um só rebanho e um só pastor." (João 10.16)

O texto, que introduz essa postagem, é muito claro quando diz que é Deus quem concede os pastores. Que esses pastores seriam segundo o coração Dele... pastorear não é uma questão pessoal mas, espiritual. Na verdade, é somente uma questão divina. É ele, só ele... que escolhe, que chama, que capacita e confirma.  A credibilidade do pastor não é adquirida sozinho... é Deus que garante o conhecimento e inteligência. 

Bem, já as ovelhas... Deus empresta ,somente, empresta. 
 
       Obedecei a vossos pastores, e sujeitai-vos a eles; porque velam por vossas almas, como aqueles que hão de dar conta delas; para que o façam com alegria e não gemendo, porque isso não vos seria útil.Hebreus 13:17


Hoje, especialmente , comemoramos nas Denominações Batistas o dia do pastor... que Deus abençoe a todos! 


Lembrai-vos dos vossos pastores, que vos falaram a palavra de Deus, a fé dos quais imitai, atentando para a sua maneira de viver.

Hebreus 13:7

Sou grata a Deus pelos pastores que ele coloca em minha vida para cuidar de minha alma... e grata  a eles, por considerar tal tarefa.


Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.





segunda-feira, 5 de junho de 2017

Me leva pra casa...







Embalada nessa canção maravilhosa... minha alma dança, ora, adora.



Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Subindo ao monte do Carmelo...




Elias profeta de Deus... talvez, o maior dos profetas.
Agora sei que que tu és homem de Deus, e que a palavra na tua boca é verdade. I Reis 17.24 E como profeta de Deus, ele desafiou os opositores do Deus de Israel e os matou... todos os profetas de Baal. 
Nos ouvido de um profeta ruído não é qualquer coisa. É manifestação do alto... do céu. Um ruído agora é benção depois. Mas Elias subiu ao monte Carmelo... mesmo sabendo que as chuvas viriam, ele subiu para invocar o nome do Senhor até obter resposta. 
Enquanto Acabe festejava, Elias orava. "Inclinando-se por terra, meteu o rosto entre joelhos." Pela atitude do profeta... Deus mandou chuva, abundante chuva!

É sempre bom reparar o altar... antes de subir. Quando você obedece e faz tudo  direito, você pode subir com autoridade para orar. Elias subiu empolgado. Ele mandou o moço olhar o céu. O moço viu uma nuvem do tamanho da mão de um homem. Era um sinal pequeno, mas vinha de um lugar que indicava o milagre: mar. Mesmo o moço não acreditando... Elias sabia,vai chover! Nunca subestime um sinal, por menor que ele seja!  Ele subiu empolgado mas não ficou lá parado, na idolatria do seu próprio umbigo, fé... Ele pediu, creu e desceu. 
A forma como você subir determinará a forma como você descerá!Tanto importante como subir é descer... 

"Aquilo que você pediu no alto do Carmelo pode te corromper... se você se deixar levar pelos efeitos nocivos da vaidade. Não deixe aquilo por qual você orou gerar um assédio que pode te fazer parar, deter no meio do caminho. Maior é quem lhe concedeu a bênção."

O céu é a terra das mentes puras...

Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.

sexta-feira, 19 de maio de 2017

O valor de uma palavra cativante...

As palavras agradáveis são como um favo de mel, são doces para a alma e revigoram a saúde e a alegria de viver. (Provérbios 16. 24)

"Glória compartilhada cria unidade". 

O poder da palavra. Eis algo que deveríamos considerar. Nossa boca deveria ser o tempo todo um o alto falante dos céus pra levantar o caído, motivar o abatido, acalentar o frustrado, inconformado, ajustar o desajustado. 
Ao ler o texto que introduz a postagem, podemos inferir três características marcantes das palavras cativantes:

As palavras cativantes... agradáveis são como um favo de mel. Aqui me deparo com um pouco de minha infância. Tínhamos um tio que vendia mel. Mel puríssimo, que ele mesmo tirava dos favos que conseguia pegar. E era por demais  prazeroso chupar aqueles favos de mel. Ele me dava nas mãos, sempre com uma recomendação: "Cuidado, pois, pode ser que tenha alguma abelhinha pedida por aí..." E eu, nem me preocupava muito com aquela admoestação, era muito precioso o que estava às minhas mãos. Era doce ao paladar!!! Assim, são as palavras cativantes... doces para a alma.

Há um efeito das palavras cativantes e não é só no sabor... elas curam, revigoram a saúde! Uma pessoa pode estar doente quando sua alma se depara com palavras de afeto, de consolo e conforto, ela é simplesmente, tocada pelo próprio Deus. A palavra tem poder de edificar, restaurar, transformar." 

Por fim, as palavras cativantes desperta o melhor da vida! Sim, dá alegria pra viver. Chama o moribundo à vida! Então, creio que o que está faltando muito hoje... são palavras cativantes. Palavras que tragam as pessoas para perto de Deus, para o aconchego do Espírito Santo, para o abraço de Jesus... 

Quem nunca se emocionou ao ouvir algo sincero de alguém? Muitos relacionamentos são mantidos pelo bom uso das palavras muito mais que por riquezas, status, etc. Entenda, nossa alma se alimenta do que ouve. Se você quiser manter alguém por perto, trate de usar as palavras cativantes como: "Eu te amo", "Te admiro", Você é muito importante para mim", "Estou orando por você", " Conte comigo..." Creia, pode não parecer, mas funciona! Vira eco na alma de quem ouve... e perdura uma eternidade! Lá no seu interior, tente investigar e você achará algo bom, de alguém importante, que ouviu e que nunca mais esqueceu...

Lembre-se: "Glória compartilhada cria unidade". Um vínculo quando se extravasa, é mais difícil de se romper. Pois este, já foi estabelecido!

Vai treinado aí, onde você está, com as pessoas que te cerca, e depois me conta aqui... 

Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães. 

quinta-feira, 18 de maio de 2017

A fé poderosa...


"Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não veem." Hebreus 11:1


Esse, portanto, é o segredo: a fé! Aquela fé descrita em hebreus 11, a fé em Deus, o dom divino, fé fundamentada em sua Palavra, dada diretamente ao coração de seu servo. Essa fé é capaz de remover e realizar o impossível. Não se trata da presunção que crê ainda que nada custa, que se dissipa bem depressa, fé que vai embora ao passar-se do tempo sem que os milagres esperados se realizam. Nem fé que cessa com a mesma facilidade que começa. Mas está em foco a fé em Deus, nascida na agonia da oração prevalecente e no parto da alma. Esse tipo de fé se eleva acima das tempestades do desânimo e da adversidade. Triunfa sobre tempo e continua a resplandecer intensamente, enquanto aguarda o cumprimento de seu objetivo.  que o Senhor nos conceda essa fé hoje!


A fé poderosa contempla a promessa,
E, olha só para Deus, e mais ninguém.
Ri-se de todos os impossíveis
 E clama: "Já recebi o que pedi."

Isso ultrapassa a compreensão.
Mas meu Senhor é fiel;
Não hesito, exerço a fé,
Pois Deus pronunciou sua Palavra.
Confirma em mim essa fé poderosa
Que jamais pede em vão,
Que não permite que alguém vai embora
sem primeiro ser abençoado.

( Paixão pelas almas - Oswald Smith - pagina 121,122)

"Há trabalhadores que não sonham e há sonhadores que não trabalham." Há trabalhadores que são sonhadores. Porém, há trabalhadores que são sonhadores e manifestam uma fé poderosa... Esses, realizam!! 

Sonhe, trabalhe e tenha fé... uma fé poderosa!

Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.



sábado, 13 de maio de 2017

Um vaso restaurado...


 A restauração é algo extraordinário! Fico impressionada com o efeito de algo restaurado...   Você olha e pensa no que pode ser feito de "novo" a partir dele. Trabalha-se naquele potencial enxergado e de repente, para sua surpresa, eis que algo, belo e repaginado aparece. Aconteceu com minha humilde poltrona... nesta tarde de sábado. Pensei e fiz. E aí surgiu o esclarecimento: Deus age em nós dessa forma!   

Levanta-te, e desce à casa do oleiro, e lá te farei ouvir as minhas palavras.
E desci à casa do oleiro, e eis que ele estava fazendo a sua obra sobre as rodas,
Como o vaso, que ele fazia de barro, quebrou-se na mão do oleiro, tornou a fazer dele outro vaso, conforme o que pareceu bem aos olhos do oleiro fazer.

Então veio a mim a palavra do Senhor, dizendo:
Não poderei eu fazer de vós como fez este oleiro, ó casa de Israel? diz o Senhor. Eis que, como o barro na mão do oleiro, assim sois vós na minha mão, ó casa de Israel.
(Jeremias 18:2-6) 

"Você pode ser lamentável ou poderosa, mas não pode ser ambas. Escolha o que quer ser!" Ouvi essa frase da boca de uma pregadora a respeito da autopiedade que a atormentava, até ouvir de Deus esse ultimato. Ela precisava de uma restauração... violentada sexualmente, por 15 anos, pelo pai, não via alegria, esperança e salvação para sua vida.  Era cristã porém, centrada em si mesma e na sua dor. Ela precisava ser restaurada! E felizmente, se tornou poderosa em Deus. Estou falando de Joyce Meyer... uma mulher encantadora!

Ah, o que Deus pode fazer com alguém que entende ser vaso, barro e se deixa moldar, restaurar pelo oleiro... é algo realmente fantástico.  

No texto que lemos, o vaso enquanto estava sendo feito, se quebrou na mão do oleiro... não era uma obra acabada. E antes que ele o terminasse, já havia se quebrado. Ei, você e eu somos um vaso não acabado. Estamos sendo construídos... durante o processo, podemos nos quebrar. Caso aconteça, há, restauração! Quem nos restaura é o próprio oleiro! E a restauração é total... o texto diz que o oleiro fez outro, do jeito que achou conveniente. Veja bem, ele não remendou, colou e tentou endireitar. Ele fez outro. Cada vez que nos quebrarmos nas mãos de Deus,  Ele nos fará outra vez, de uma forma nova, como lhe parecer conveniente! 

Somos um vaso ... E quando Ele terminar, nós seremos como Ele quer! Um vaso novo para a honra dele. 

E se eu fiquei feliz com minha poltrona nova... imagine Deus, com um cristão restaurado?

Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães. 

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Podemos fugir de Deus?


Senhor, tu me sondas e me conheces. Sabes quando me assento e quando me levanto; de longe percebes os meus pensamentos.
Sabes muito bem quando trabalho e quando descanso; todos os meus caminhos te são bem conhecidos.
Antes mesmo que a palavra me chegue à língua, tu já a conheces inteiramente, Senhor.
Tu me cercas, por trás e pela frente, e pões a tua mão sobre mim.
Tal conhecimento é maravilhoso demais e está além do meu alcance, é tão elevado que não o posso atingir.
Para onde poderia eu escapar do teu Espírito? Para onde poderia fugir da tua presença?
Se eu subir aos céus, lá estás; se eu fizer a minha cama na sepultura, também lá estás.
Salmos 139:1, 2-8


A pergunta é:  Posso fugir de Deus?

Sabe, Deus está onde ele quer está! Porém, Ele pode estar em todo e qualquer lugar... Deus, está em toda parte. Por sua onipresença, ele está. Já, por sua " economia divina", ele está onde deseja estar. No texto em questão, Ele está por desejar estar... pelo direito de criação. Enquanto Deus pode escolher estar ou não, em contrapartida, nós não podemos fugir  dele. Não há menor possibilidade! Davi reconheceu essa verdade...  "Para onde poderia eu escapar do teu Espírito?" Fugir resolve? Ele pensou... hum, não! Não, mesmo! Em qualquer lugar, Ele me acha. 

"Tu me cercas, por trás e pela frente, e pões a tua mão sobre mim."
Ele nos encontra pelo simples fato de desejar nos cuidar. Deus tem sua mão  estendida sobre nós... o tempo todo.

Os olhos do SENHOR estão em toda parte: Ele observa atentamente os maus e os bons! (Proverbios 15.3)


Pode alguém esconder-se em esconderijos sem que Eu o observe?” ( Jeremias 23.24)

Teus propósitos são altíssimos e tuas realizações, poderosas. Teus olhos observam todo o comportamento dos seres humanos, a fim de retribuíres a cada pessoa segundo a sua atitude, segundo merecem os seus atos. (Jeremias 32:19)


Os caminhos do homem estão diante dos olhos do SENHOR, e Ele examina atentamente todos os seus passos! (Provérbios 5:21)

Sabe? Concluindo, é melhor nem tentar...







Pela Cruz de Cristo, Maristela Guimarães.
 



  
.  
     

terça-feira, 9 de maio de 2017

Eles oravam também...



Os profetas não somente exortavam os outros a que orassem, mas eles mesmos se dedicam à oração.

Disse Daniel: " Por isso me voltei para o Senhor Deus com orações e súplicas, em jejum, em pano de saco e coberto de cinza. Orei ao Senhor, o meu Deus, e confessei..."(Daniel 9. 3,4)

Esdras, igualmente, brandiu essa poderosa arma, em todos os momentos difíceis. "... e caí de joelhos, com as mãos estendidas para o Senhor, meu Deus, e orei: Meu Deus..." (Esdras 9. 5.6)

O mesmo método foi seguido por Neemias: "Quando ouvi essas coisas, sentei-me e chorei. Passei dias lamentando-me, jejuando e orando ao Deus dos céus. "( Neemias 1.4)

E o que dizer de Jesus e João Batista? E aconteceu que, estando ele a orar num certo lugar, quando acabou, lhe disse um dos seus discípulos: Senhor, ensina-nos a orar, como também João ensinou aos seus discípulos. ( lucas 11.1) oraram e influenciaram os discípulos ao ponto deles desejarem aprender... e esses, ensinaram a igreja primitiva a fazer o mesmo.

Pedro, pois, era guardado na prisão; mas a igreja fazia contínua oração por ele a Deus.
Atos 12:5

Paulo e Silas...

Por volta da meia-noite, Paulo e Silas estavam orando e cantando hinos a Deus; os outros presos os ouviam.
Atos 16:25
Se eles oraram... não cabe a nós negligenciarmos a oração. Separe um tempo e dedique-se! Seja constante... aja em fé!


Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães

segunda-feira, 8 de maio de 2017

O cuidado de Jesus para com o nosso coração...



Quem poderá trazer alguma acusação sobre os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica! Quem os condenará? Foi Cristo Jesus que morreu; e mais, Ele ressuscitou dentre os mortos e está à direita de Deus, e também intercede a nosso favor. (Rm 8.33,34)





O importante para o filho de Deus não é como ele morre mas, como ressuscita!

Existe um cuidado de Jesus conosco que ultrapassou a cruz e adentrou os portões celestiais. A bíblia fala que Jesus intercede por nós junto ao Pai. Alguns verbos no texto estão no passado... pois foi reflexo do ato de amor vicário. Outros, no presente, pois são atos de amor diário, junto ao Pai. São eles: Justifica, está e intercede. Todos os dias esses verbos são intensamente usados por Cristo. Diante de Jesus, ninguém poderá nos condenar... Ele nos justifica! Essa justificação é a forma como ele intercede por nós. Seria como: Eu, Maristela, cometi um delito e pequei... diante de Deus o meu pecado é exposto por satanás. Quando o maligno começa a apontar meu pecados eis que surge Jesus, ele entra em cena e grita: Ei, ela não!! Meu sangue escorreu por ela, minha carne foi mutilada por ela, morri e ressuscitei por ela... ela é minha!!!!

O Pai, na mesma hora joga no mar do esquecimento meus erros e iniquidades. E satanás sai derrotado mais uma vez! Toda minha culpa foi desconsiderada... se desfez por intermédio de Cristo.

Quando erramos, pecamos e nos entristecemos... com coração quebrantado fazemos aquelas copiosas orações de arrependimento. E Jesus nos perdoa! Mas, podemos como Pedro, sentirmos incapazes, insatisfeitos, imperdoáveis! Porém, existe o cuidado de Jesus para todo coração machucado pelo pecado. Vejamos como foi com Pedro e como pode ser conosco.

Pedro estava desorientado e resolveu pescar. Ele não foi sozinho... os coleguinhas de ministério foram com ele. Mas no coração de Pedro, era como se ele não fosse mais discípulo. Ele já não o considerava... Não foi à toa que Jesus, mandou um recado para ele: "

Agora ide, dizei aos discípulos dele e a Pedro que Ele está seguindo adiante de vós para a Galileia. Lá vós o vereis, assim como Ele vos predisse”. Marcos 16.7

Quando Pedro estava diante de Jesus, após ressurreição, ele tem a grande oportunidade de resolver esse conflito. Pastor Hernandes fala que Jesus constitui a cena do crime... pois o primeiro braseiro foi na negação, no pátio e o outro, esse que além de aquecer o corpo, assar o alimento, aquece a alma. Lá, no íntimo, considerações foram feitas. Imagino Jesus abraçando Pedro, tocando no ombro, e dizendo: Aí, Pedrão como você está? Que bom vê-lo outra vez! Venha, vamos conversar... e a bíblia relata um bate papo sentimental. As emoções de Pedro são tocadas... o coração de Pedro é afagado. A garganta de Pedro solta um "Eu te amo" bem envergonhado... por três vezes, ele tem a oportunidade de se corrigir perante o Mestre. Então, é lhe apontado um caminho, um ministério: "apascenta meus filhos". De volta ao clube, Pedro!

Eis aí como é conosco...

Jesus nos olha nos olhos...

Jesus nos convoca para um encontro...

Jesus aquece nosso coração...

Jesus nos aponta um caminho...uma nova oportunidade.


Não perca mais tempo! Não escolha pescar quando na verdade... você deveria orar!

Permita ser tratado, perdoado e convocado por Jesus.

depois então, vai pescar almas!




Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.

domingo, 7 de maio de 2017

Café... com fé!



Silêncio... 
Café.
Cá... fé! 
Vem cá...
Vem visitar-me 
De novo,
E de novo!
Vem dar à minhalma determinação
Acrescentar ousadia aos meus sonhos...
Vem aquecer meu coração.
Fé...
(Fé)licidade,
A(fé)tuosidade,
A(fé)tividade...
A(fé)ta-me... 
(Fé)rmenta-me.
...por favor!

Que em cada gota de café...
Você beba mais da
fé!

"Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem. E sem fé é impossível agradar a Deus... " 
Hebreus 11.1,6

Quando a minha atitude é correta, não existe nenhuma barreira muito alta, nenhum vale muito profundo, nenhum sonho inatingível, nenhum desafio muito grande para mim. Swindoll

Bom dia!

Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.

quinta-feira, 4 de maio de 2017

Onde erraram os amigos de Jó?

Eu amo ler, reler, como estou fazendo nesse tempo, através da ministração do Espírito Santo. E sempre que leio algo que me toca, tenho necessidade de compartilhar!
Leia, pense e mude...

"Todo mundo tem dificuldade de ouvir. Mas será que os cristãos são, por algum razão ( talvez por nos acreditarmos chamados para falar aquilo que Deus falou), 
ouvintes piores que outros? Nosso símbolo é mais a língua que o ouvido. Mas já deveríamos ter aprendido uma lição om os loquazes confortadores de Jó. Eles até que começaram bem... Quando 
ficaram sabendo dos problemas de Jó, deixaram seus lares e foram visitá-lo. E quando, mal conseguiram reconhê-lo, de tão desfigurado pelas feridas, eles lamentaram, rasgaram suas vestes, jogaram terra sobre as cabeças e depois sentaram-se ao seu lado no chão durante sete dias. Durante toda aquela semana nada falaram a Jó, pois viram quão grande era seu sofrimento. Na verdade, ninguém disse nada, pois simplesmente não havia o que dizer. Se pelo menos eles tivessem continuado como começaram... de boca calada! Mas, ao invés disso, eles nem escutaram o que Jó tinha a dizer, simplesmente, ficaram ali repetindo suas conversas fiadas, sem refletir e sem nenhuma sensibilidade, até que finalmente Deus os repreendeu por não terem falado sobre ele o que era direito." (John Stott)

"Ande com gente que jogue água nos seus medos e gasolina nos seus sonhos." 

Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.

terça-feira, 2 de maio de 2017

Você pode fazer essa oração, comigo?




Pai, perdoa o meu jeito de achar que sou perfeito

Vejo erro nas pessoas, e não olho meus defeitos

Justifico-me com o bem quando o mal eu pratiquei

No final, eu reconheço, quando erro outra vez

Estou sempre declarando: "quero ser como criança"...

Com um coração tão cheio de maldade e de vingança.

Pai, perdoa o meu jeito de achar que sou perfeito

Sou tão falho, pecador, detalhado de defeitos...


Pai, meu Pai, tenho muito que mudar

Pai, meu Pai, me ajude a melhorar


Pai, a minha oração pode parecer tão dura

É que essa realidade no meu peito só machuca

Não dava pra esperar, amanhã seria tarde

Te entregar meu coração é minha prioridade

Me olhando nessa hora, ainda não sou perfeito

Mas eu sinto que me amas, mesmo eu sendo desse jeito


Obrigado por me ouvir

Não vou nem me despedir

Fica aqui dentro de mim...

( Anderson Freire)


Se eu mudar...

Se você mudar...

Uma parte do mundo já mudou!

Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.

segunda-feira, 1 de maio de 2017

Crente folheado a ouro...

"Visto que andamos por fé, e não pelo que vemos." 2 Corintios 5.7

"Um crente "folheado a ouro" não serve para nada. É anormal, sem valia para a vida diária e totalmente diferente de Deus. Estamos aqui, não como anjos em formação, mas como homens e mulheres, para realizarmos as tarefas do mundo, porque nascemos do alto, e realizá-las contando com um poder infinitamente grande para suportar a agitação. Estamos tentando trazer de volta os raros momentos de inspiração, isso é sinal de que não é Deus que queremos. Estamos transformando em talismãs aqueles momentos em que Deus se revelou e falou, e insistindo em que ele o faça de novo; contudo, o que Deus quer é que andemos pela fé; Em nenhum momento viva em função desses momentos raros, eles são surpresas de Deus. Ele nos dará toques de inspiração quando perceber que não há o risco de sermos desviados por eles. não devemos fazer nunca desses momentos o nosso padrão. " Li e fiquei a meditar... 

( Devocional Tudo Para Ele - 1° de maio - resumo)

Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.

Shalom Adonai, Shalom!

Tu conservarás em paz aquele cuja mente está firme em ti, porque ele confia em ti. Isaías 26.3

Na Bíblia Viva, diz: "O Senhor guardará em perfeita paz todos os que confiam nele, aqueles cujo propósito está firme, porque confiam no Senhor."

Eu realmente confio nisso! Cresci ouvindo uma música que expressava o título dessa postagem, mas não entendia, nada! Porém, eu cantava... Shalom Adonai, Shalom!

Hoje, face à muita coisa que Deus compartilhou comigo, a paz foi pulando dentro em mim... e soprando em tudo que me rodeava. Então, postei no instagram, coloquei no zap e cheguei aqui. O que mais precisamos além da Paz do Senhor? Shalom Adonai, é uma expressão do hebraico que significa, "a paz do Senhor". Jesus desejou essa paz para os discípulos:

"Deixo-lhes a paz; a minha paz lhes dou. Não a dou como o mundo a dá. Não se perturbe o seu coração, nem tenham medo" (João 14.27)
Ele estava dando duas notícias para os seus. Como às vezes, perguntamos: Tenho duas notícias para lhe dar uma boa e outra ruim, qual você quer primeiro? A ruim, ele deu primeiro... "vou para o Pai." Ele estava falando que iria embora. E a outra, era: "não vos deixarei órfãos." Vem aí, a carta na manga, que eu guardei para os últimos momentos, os finais: O Consolador. Nele, tenhais paz!! Shalom Adonai dentro de vocês para sempre!!! 

Quando Jesus foi batizado veio sobre ele, em forma corpórea, como uma pomba, o Espírito Santo. Entende então, ele deixando a paz, a paz dele... está nos deixando o Espírito. Por isso a pomba, até hoje simboliza a paz, que simboliza o Espírito Santo,

"Não a dou como o mundo a dá."Eu não dou como um presente, uma satisfação pessoal, uma recompensa, mas... como um selo, uma marca na minha geração. Ele falava do Espírito Santo como um novo começo, que de fato foi, para a igreja em Atos. Quem não tem o Espírito Santo, não pode ter paz, a paz que excede todo entendimento, a paz do Senhor, que o mundo não pode dar e nem comprar. Não é uma paz circunstancial. É presencial!!! É o Espírito Santo... de dentro para fora: "não se perturbe o seu coração, nem tenham medo. " Não consigo entender porque nós leitores da Palavra e pregadores da mesma, quando usamos esse texto, o usamos fora do contexto. Trabalhamos a paz, Shalom, fora  da promessa do Espírito Santo. É o mesmo texto, mas saímos do contexto e desenvolvemos outras reflexões... é claro que podemos e devemos extrair outras ideias. Porém, a primeira de todas é a essência das demais. Por isso o cristão, crente em Cristo, nascido de novo, pode ter paz dentro de uma panela de pressão chamada, mundo. Só pelo Espírito santo!! Quando encontro com alguém, da mesma essência que eu, em Cristo, posso concluir: Shalom Adonai, shalom.

Que a paz do Senhor acompanhe todo os dias de sua vida... que a promessa se cumpra em você:  "E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre;" João 14.16

Curiosidade: Se a expressão for dita como cumprimento, deve ser respondida  ao contrário, Adonai Shalom.

Shalom Adonai, Shalom!
Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.

domingo, 30 de abril de 2017

Escravo por escolha...



"Sacrifício e oferta não quiseste; as minhas orelhas furastes, holocausto e expiação pelo pecado não reclamaste." Salmo 40.6


"As minhas orelhas furastes"... resolvi buscar o pano de fundo para essa expressão e olha o que encontrei:
(Êxodo 21.1-6) “São estes os estatutos que lhes proporás: Se comprares um escravo hebreu, seis anos servirá; mas, ao sétimo, sairá forro, de graça. Se entrou solteiro, sozinho sairá; se era homem casado, com ele sairá sua mulher. Se o seu senhor lhe der mulher, e ela der à luz filhos e filhas, a mulher e seus filhos serão do seu senhor, e ele sairá sozinho. Porém, se o escravo expressamente disser: Eu amo meu senhor, minha mulher e meus filhos, não quero sair forro. Então, o seu senhor o levará aos juízes, e o fará chegar à porta ou à ombreira, e o seu senhor lhe furará a orelha com uma sovela; e ele o servirá para sempre.”
Furar as orelhas era atitude de serviço voluntário perpétuo... 
Furar as orelhas era atitude de amor incondicional...
Furar as orelhas era atitude de entrega total... renúncia da liberdade.
No primeiro momento ele, o escravo, era escravo por direito, por ter sido comprado... no segundo momento, após seis anos, ele poderia permanecer escravo, porém, por escolha.  O servo da orelha furada era conhecido na sociedade dos seus dias como alguém que era escravo por decisão própria. Onde quer que ele fosse, aquela orelha furada atrairia a atenção dos outros. 

Mas veja, essa decisão não era unilateral, neste caso, o senhor e o servo iam aos juízes para oficializar e legalizar tal escolha, e em seguida o senhor do servo  lhe furava a orelha, para provar que tal servo, não mais trabalha para pagamento de dívida, e sim voluntariamente e por amor.
Deuterononimo 15; 16,17

É desse jeito que Davi se via, no Salmo 40.6 
                                                         Um escravo por escolha...  amava ao Senhor e estava disposto a abrir mão de sua liberdade para viver aprisionado a Ele. 

O senhor não era um monstro, como segue a tradição da escravatura. Ele era alguém que tinha direitos sobre o servo porém, também tinha deveres para com ele. Era uma relação de afeto recíproco, de amor... na verdade, era uma lição de amor. Quem os via só podia imaginar isso: eles tem uma história de amor e amizade. 
Romanos 6:18-22

Vós fostes libertos do pecado e vos tornaram escravos da justiça. …Romanos 6.18 

A obra da cruz é uma obra de redenção... de comprar o direito, o resgate, para que tornemos de Deus.

Éramos seus por direito de criação e pela cruz, passamos ser dele, por redenção.

Somos quais servos, que uma vez podendo escolher como viver, onde viver, com quem viver... decidimos viver com Ele por amor.

Como Davi eu sei, que eu sei, que sei... que minhas orelhas furastes, Senhor.

Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.

KOYNONIA - DESTAQUES DO MÊS

Deus pensou em você!





Deus pensou em você!
Na manhã de hoje...Deus pensou em você. Não diferente de ontem, precisamente ele calculou todos os riscos possíveis, que você correria neste dia, sem a intervenção dele em sua vida.
Pensou em que circunstâncias Ele teria que atuar a seu favor e através de você, com a legítima vontade de lhe abençoar.
Programou sua agenda de forma que seus sonhos se realizassem e suas expectativas fossem atingidas. Porém, observou que partes do dia ,várias vezes, (onde lhe deu liberdade de ação )você teve oportunidade de pedir ajuda e não o fez...e então conclui que por mais bem ele o fizesse e por mais bênçãos o desse, ainda assim,partes de suas escolhas seriam sem consultá-lo. Que pena! Sofrimentos poderiam ter sido evitados, dores não sentidas, frustrações não ocorridas e derrotas não vivenciadas. Porém, só assim você entendeu, já no finalzinho do dia, que era mais sensato e inteligente e bem menos dolorido, ter dito: Pai, me ajude... Mas amanhã é outro dia e tudo pode ser diferente. Já é tarde, Ele continua a te proteger e esperar a tua manifestação de filho. Seja sensato e não vá pra cama sem falar com Deus .Uma oração por menor que seja, poderá fazer uma grande diferença em sua vida.
"Que Ele cresça e que você diminua..."
(parafraseando- João Batista)
Deus te abençoe!
Pela cruz de Cristo,Maristela Guimarães.