KOYNONIA-KOYNONIA-KOYNONIA-KOYNONIA-KOYNONIA-KOYNONIA

KOYNONIA - IRMÃO - KOYNONIA - UNIÃO - KOYNONIA - COMUNHÃO - KOYNONIA - UNIÃO - KOYNONIA - IRMÃO - KOYNONIA -

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Às margens dos rios de Babilônia...


O salmista quando no tempo de cativeiro chorou... ( ch-orou): 
Às margens dos rios de Babilônia, nos assentávamos chorando, lembrando-nos de Sião.
Nos salgueiros daquela terra, pendurávamos, então, as nossas harpas,
porque aqueles que nos tinham deportado pediam-nos um cântico. Nossos opressores exigiam de nós um hino de alegria: Cantai-nos um dos cânticos de Sião.
Como poderíamos  cantar um cântico do Senhor em terra estranha?"

Salmos 137:1-4

A história de todos nós tem tudo a ver com o local e objetos que envolvem nossa vida. Você é o local que nasce, a atmosfera que envolve esse lugar, as formas e cores, os objetos e claro, principalmente, as pessoas. Não se apaga uma história... ela tem uma força comunicativa enorme. Romper com a história de nossa vida é passar por cima de tudo que nos formou. Nesse texto, vemos que o povo de Israel estava vivendo um momento doloroso. Lhes foram tirado o direito de viver sua própria história... esta inclusive, com uma bagagem, exageradamente, sobrenatural. Havia um Deus envolvido nisso tudo! Uma vontade soberana... 
Poeticamente, o salmista exclama: Às margens do rio de Babilônia... ali, naquele lugar espaçoso, que poderia emitir vida, porque água é vida, emitia na verdade, tristeza, luto, perdas e muito choro... era água no rio e água nos olhos. Parecia até um lugar profético!
O povo de Deus sofria pelas escolhas erradas... em meio ao caos do cativeiro não conseguiam cantar. Mas seus oponentes sabiam que a música, o louvor deles além de bonito era abençoador. Eles não queriam o Deus de Israel mas queriam, sua música, sua alegria. 
Agora a pergunta que não quer calar: "Como cantar em terra estranha? Todo mundo sabe que a ligação de Israel com terra é algo forte demais! É muito espiritual! Afinal, toda a relação de Deus com eles estava ligada à promessa de uma terra que manava leite e mel. E essa relação é eterna... ou seja, não parou no tempo. 
Pense num coração impedido de adorar? Impedido de cantar, de se alegrar... a questão era geográfica, também, mas muito mais, espiritual. A geografia é muito importante dentro da vontade de Deus, pois quando ele determina um lugar para manifestar-se, outro não será possível. E como naquele momento havia a ideia de um Deus nacional... isso é perfeitamente entendido. 
Bem, houve o momento de choro, de saudade e de  arrependimento. Cativeiro não é algo permanente!
O tempo de choro cessou! 
Porém, o que era tão negro na realidade do povo tornou-se  parte de sua história. Quem sobreviveu ao cativeiro teve o que contar e melhor, teve o que cantar! 
Se você estiver vivendo um cativeiro, busque a presença de Deus em oração e arrependimento...chore às margens do seu rio. Deus destruirá o cativeiro e você voltará a viver as promessas de Deus. 
Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

QUANDO UM AMIGO SE VAI...

"O homem é semelhante a um sopro; os seus dias são como a sombra que passa."  Salmo 144.4


Hoje, a morte bateu novamente na minha porta... um amigo que ontem, ainda, dei conselhos. Conversamos, lembramos do passado. E agora, ele se foi. Veio em minha mente o choro de Jesus por Lázaro. Jesus sentiu o que eu estava sentindo... Penso que ele se lembrou dos momentos com Lázaro. 

                     Quando um amigo se vai, nossa mente põe o passado no presente. Você lembra o quanto era importante as gargalhadas, sim, porque com amigo você perde até a etiqueta. Amigo é uma troca de compreensão e afeto que a nenhum outro é permitido. E mesmo a vida nos distanciando, ainda assim, a amizade não morre, fica lá engavetada na memória das emoções para que a qualquer momento reapareça outra vez. Amigo, a gente não ama de novo... não! Amigo, a gente nunca deixa de amar.  Se a vida é tão passageira e ninguém recebe a data de falecimento por que então, deixamos o tempo tirar de nós o convívio com as pessoas que amamos? Um email, um telefonema, um mensagem... algo simples que pode unir e trazer para nosso presente alguém que foi tão importante. 
Novos amigos não substitui um velho e bom amigo. 

               Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.

sábado, 13 de agosto de 2016

Altar não se corrompe...


Não! Essa postagem não é pra falar do templo, casa de oração... Betesda. É para falar do altar pessoal, de quem já é templo do Espírito Santo. Alguém já disse: "A salvação é de graça mas a unção tem preço." Se não fazemos nada para sermos salvos, precisamos fazer de tudo para conservarmos a unção. Já dizia, Watchman Nee: "Aqueles que não permitem que Deus trabalhem neles, jamais poderão trabalhar para Deus." Altar não é somente lugar de bênção...

Altar é lugar de entrega e espera... Então, você é lugar de entrega e espera. Como crentes mimados, às vezes, achamos que a oração tem que ter resposta imediata. E que o efeito da entrega é a resposta imediata de Deus em relação a nós... porém, Deus não age por impulso. Deus não é um ser impulsivo. Nós somos! Deus tem me falado nesses dias assim:

"Pois é preceito sobre preceito; regra sobre regra; um pouco aqui, um pouco ali." Isaías 28.10

Altar é lugar de anseio por Deus... 


Mesmo sendo quem sou Deus revela quem ele é. Para Deus é muito mais relevante quem você é do que o que você faz para ele. Assim, deveríamos pensar também em relação a Ele. Ms a verdade é que consideramos bem mais o que ele faz... do que o que Ele é. E Deus não é o que Ele faz! O que ele faz é reflexo do que Ele é! Por isso perdemos muito com Deus enquanto buscamos, desenfreadamente, as coisas que Ele pode conceder, quando deveríamos buscar, ansiosamente, Ele mesmo. "Mostra-me a tua glória." Moisés via tudo o que Deus era capaz de fazer mas ele queria mais... queria Deus. 

Altar é lugar de unção...

"Eu não dependo do que Ele faz para dizer quem ele é! Eu sei quem Ele é mesmo quando ele não faz."
Tudo  o que for permitido ao homem conhecer de Deus, eu quero para mim! E isso envolve a unção. 

E a unção que vós recebestes dele, fica em vós, e não tendes necessidade de que alguém vos ensine; mas, como a sua unção vos ensina todas as coisas, e é verdadeira, e não é mentira, como ela vos ensinou, assim nele permanecereis.
1 João 2:27 

Essa unção é permanente enquanto permanecemos nele. Por essa unção você não precisa pedir... ela já é em você, a unção para conhecer mais a Deus...para crescer e aprender. Você já está equipado para receber mais de Deus. Aleluia... é só buscar. Essa unção é o que alguns chamam de unção interna. 
Agora, a unção para fazer algo para Deus, essa sim, nunca deve  ser desperdiçada ou rejeitada. Aquela

que chamam de unção externa.
  "...e não deixará o san­tuário do seu Deus nem o profanará, porquanto foi consagrado pelo óleo da unção do seu Deus. Eu sou o Senhor. " Deus leva a sério esse negócio! Por isso altar não pode ser profanado, corrompido ou maculado! Você é altar, você não pode comer com os cães... você é separado. 

"Unges a minha cabeça com óleo; o meu cálice transborda." Davi - o ungido

Se Deus te ungiu para algo, não perca tempo! Mas cuidado... Quanto mais Deus nos dá mais tem o Diabo para tirar! Em Deus, todo aquele que é ungido é honrado. Fora dele, o ungido é humilhado pelo inimigo... Lembre-se de Sansão. 

Minha oração é : Sê propício a mim... Senhor! 
Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

De graça recebeste... de graça dai!


"Então, saindo eles, pregavam ao povo que se arrependesse. Expulsavam muitos demônios, e ungiam muitos enfermos com óleo, e os curavam." Marcos 6. 12 e 13

Engraçado que Marcos é um evangelho rápido, urgente mas, em alguns, poucos casos, ele dá detalhes. Esse texto, por exemplo, ele  descreve passo a passo o direcionamento de Jesus e a ação deles. Estamos falando do momento que Jesus enviou os discípulos, de dois em dois... treinamento real, dando-lhes poder sobre os espíritos imundos. Incrível, como Jesus liderava com simplicidade e exigia isso deles. Não puderam levar nada pra si, exceto um bordão, cajado para apoio. Desde os dias de Moisés, o bordão tornou-se sinônimo da Palavra de Deus e a Palavra de Deus é o símbolo maior da autoridade divina. 


Atente para isso: O reino de Deus é simplicidade. Quem quer servir deve ser desprovido de cuidados supérfluos. Tem que aprender a viver do básico... do básico! E ser conduzido, simplesmente, pela Palavra. 

Entrar e ficar na casa que ouviu e aceitou a Palavra... nos tempos de hoje, o povo quer hotel 5 estrelas. Tem pregadores que nem vão à igrejas menores. Precisamos aprender! E aprender a aprender. 


A casa que não receber... "sacudi o pó dos vossos pés." Tão simples. E tem gente brigando hoje para ser ouvido. Indo para redes sociais profetizar morte... meu Deus! A parte que cabe à Deus, a igreja pensa fazer. E a que lhe cabe... ignora!



"De graça recebeste, de graça dai!" Tem frases de Jesus que revelam princípios do reino. Esta é uma! O princípio da graça:  da mesma forma que recebeste... dai. Não pregamos qualquer evangelho... ou um determinado evangelho. Pregamos um evangelho determinado a curar, libertar e salvar o homem! Isso é graça! 


Em João 14.12, lemos: “Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim também fará as obras que eu faço e as fará maiores do que estas, porque eu vou para meu Pai...”


Aqui fica um "parênteses", aberto por Jesus, para imaginarmos... 

Eu e você fazendo as mesmas obras que ele faz...
Eu e você fazendo obras maiores que as dele...

Você quer? Eu quero!!

Fica a palavra de um evangelista pentecostal da década de 1920:

"Eu preferia infinitamente ser fiel e ter um pouco de tribulação agora do que não superar e ter de passar pela grande tribulação que virá em breve. Graças a Deus estou determinado a ver realizado o plano de Deus em minha vida." 
Bosworth

Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães

KOYNONIA - DESTAQUES DO MÊS

Deus pensou em você!





Deus pensou em você!
Na manhã de hoje...Deus pensou em você. Não diferente de ontem, precisamente ele calculou todos os riscos possíveis, que você correria neste dia, sem a intervenção dele em sua vida.
Pensou em que circunstâncias Ele teria que atuar a seu favor e através de você, com a legítima vontade de lhe abençoar.
Programou sua agenda de forma que seus sonhos se realizassem e suas expectativas fossem atingidas. Porém, observou que partes do dia ,várias vezes, (onde lhe deu liberdade de ação )você teve oportunidade de pedir ajuda e não o fez...e então conclui que por mais bem ele o fizesse e por mais bênçãos o desse, ainda assim,partes de suas escolhas seriam sem consultá-lo. Que pena! Sofrimentos poderiam ter sido evitados, dores não sentidas, frustrações não ocorridas e derrotas não vivenciadas. Porém, só assim você entendeu, já no finalzinho do dia, que era mais sensato e inteligente e bem menos dolorido, ter dito: Pai, me ajude... Mas amanhã é outro dia e tudo pode ser diferente. Já é tarde, Ele continua a te proteger e esperar a tua manifestação de filho. Seja sensato e não vá pra cama sem falar com Deus .Uma oração por menor que seja, poderá fazer uma grande diferença em sua vida.
"Que Ele cresça e que você diminua..."
(parafraseando- João Batista)
Deus te abençoe!
Pela cruz de Cristo,Maristela Guimarães.