KOYNONIA-KOYNONIA-KOYNONIA-KOYNONIA-KOYNONIA-KOYNONIA

KOYNONIA - IRMÃO - KOYNONIA - UNIÃO - KOYNONIA - COMUNHÃO - KOYNONIA - UNIÃO - KOYNONIA - IRMÃO - KOYNONIA -

quinta-feira, 30 de junho de 2016

Nada é para sempre... somente Deus!


Hoje, me veio à mente algo muito forte em minha relação com Deus...

Assim, Ele me falou: "Eu lhe dei e posso tirá-lo a qualquer momento. Ele não é para sempre. Eu sim!"

Quando eu descobri quem era Deus, passei a orar sem cessar pelo meu pai. 

Pensa num coração carente? Era o meu.

Pensa no que uma garota de 8 a 10 anos mais deseja? Não, não era uma boneca, nem brinquedos... era um pai. Um pai presente fisicamente, emocionalmente e afetuosamente. Orei muito... na primeira vez que saí sozinha com meu pai, ele se esqueceu de mim ao ir para o bar. Precisei voltar sozinha pra casa...  Eu não o culpava, nunca o culpei. Sabia que era a bebida, a maldita bebida. Eu tinha uma necessidade dele enorme. Uma vez, num natal, ele estava já sóbrio pela tarde e eu então, pude desfrutar da companhia dele. Sentados na beira da porta da cozinha, conversávamos felizes. Meu pai gostava de festas, comemorações, e ali falávamos dos dias  anteriores quando de repente expressei: "Queria que esse dia nunca mais acabasse." Minha mente não estava naquelas coisas compradas, na comida... não! Eu falava de algo que estava acontecendo naquele momento. A conversa de pai e filha. Mas ele riu, achando que eu estava falando do natal. Eu pensei: "Ele não entendeu nada!" Mas eu nunca desisti! Eu sabia que  Deus em algum momento me ouviria. 

Pensa num coração esperançoso... era o meu!
O tempo passou... recebi o chamado de Deus para o ministério, que eu nem sabia de fato, o que seria. Mas a vida lá em casa sempre foi muito tensa, e acabei  deixando de lado meu comprometimento com Deus.  Até, que um dia, sabendo que um colega iria estudar, o Espírito Santo falou comigo: Era para ser você! E ele trouxe uma tristeza enorme dentro de mim. O meu abatimento foi imediato... o que senti foi doído, pesado me levando direto para o quarto. Ali me ajoelhei e orei: "Deus, se é isso mesmo que o Senhor quer, converta o meu pai. Eu não posso sair daqui e deixar minha mãe sozinha. Agora, se o Senhor transformar meu pai eu faço o que o Senhor quer."

Pensa num coração divido. Era o meu. 
Pois é... cuidado com o que você no íntimo de seu quarto se compromete, pede ao Senhor. Ele responde! Glória a Deus!!  Naquele mesmo ano, meu pai sozinho dentro de um bar, quebrou a última garrafa e afirmou que seria um crente. Lembro-me, completamente, a forma que entrou ainda bêbado dentro do meu quarto, colocando o dedo indicador em meu nariz e dizendo: Nunca mais seu pai vai beber. Serei um crente batista. E assim foi. 
Meu pai se converteu e desde então, vivi os melhores anos de minha vida. 

Pensa num coração maravilhado... Era o meu!!! 
Deus havia me dado o que eu pedi. E agora era a hora de fazer o que me comprometi. Eu tinha resposta de oração, tinha uma família mais ajustada, eu tinha esperança... Vivi tudo na mais intensa alegria e gratidão. Até que um dia, indo trabalhar, no ponto de ônibus me deparei com uma cena que estraçalhou meu coração: A capa do jornal que em sua manchete dizia: Pedreiro assassinado dentro do quarto é encontrado pelos policiais.  Naquele momento meus olhos contemplava  a cena do jornal que era idêntica a do quarto de meu pai, inclusive a posição  dos móveis. A forma como o corpo estava sobre a cama, era justamente, o jeito que ele dormia.  Sem contar a manchete dizendo que era um pedreiro... Eu ali, senti a maior dor do mundo: a dor da perda. Meu pai morto no jornal.  Meu querido pai, filho de Deus, uma bênção em comunhão na igreja e a batalhar por nós, em oração. Eu vivi os segundo mais intensos de dor e sofrimento até que Deus me falou: "Olha outra vez. Olha o lugar." E quando olhei, o homem morto era de São Francisco e não, São Fidélis. Eu sei, você deve estar pensando o que tudo isso tem a ver com o título da postagem? Meu coração respirava por alívio e por tensão. E Deus conclui: "Eu lhe dei e posso tirá-lo a qualquer momento. Ele não é para sempre. Eu sim!"

Pensa num coração conturbado... era o meu!
Naquele dia eu sofri por demais. Trabalhei com um peso no coração enorme.  No silêncio as palavras vinham... "não é ele, mas ele não é para sempre!"
O tempo passou. Estava conversando com colegas de trabalho quando pronunciei a seguinte frase: "Deus me livre de ficar sem meus pais, eles são os único tesouros que possuo." Na mesma hora, lembrei do que acontecera. Não demorou muito, descobrimos que meu pai estava com câncer. E a batalha começou... orei, pedi mais um tempo com ele, Deus me concedeu porém, no final de cinco anos, meu pai faleceu. "O Senhor deu o Senhor tomou. Bendito seja o nome do Senhor." 
Naquele mesmo ano, minha mãe havia falecido, seis meses, antes. 
Foram meus tesouros... Deus ficou e continuou o mesmo! Soberano, Senhor, Pai, Protetor, Abrigo, Companheiro... Amigo. 
Talvez essa postagem esteja sendo para você que entrou no site agora... penso que Deus não me fez relatar tudo isso em vão. Tem alguém precisando saber que Deus responde orações e abençoa não só para nossa felicidade, mas para a glória dele! Porém, a nossa felicidade pode ter prazo de validade, a glória dele, não! Tudo é para Ele, por Ele e Dele.

Deus não nos deixa sem respostas. Algumas vezes nos confronta. Nos chama à realidade. Nos dá escapes... sinalizando, nos prepara para o dia mal. Mas o dia mal, esse vem para todos. Então, não se sinta o desgraçado. Você é só mais um, que já sabe a dor da perda, 
mas que pode sair desse estado de "coma" para a vida abundante em Cristo Jesus.

Pensa num coração agradecido e restaurado... é o meu!!!
Deus te abençoe!
Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.



domingo, 26 de junho de 2016

Tempos de guerra...




Este texto foi escrito quando Davi estava escondido de Saul, na caverna. Chegou sozinho e quando dela saiu, era um exército de 600 homens. Até na caverna, no meio do nada, um homem e mulher de Deus exerce liderança. Deus envia pessoas para você liderar! O que podemos aprender: quem é abençoado por Deus para o ministério não deixa de exercer seu chamado mesmo sendo perseguido.
Momento de aflição na vida de Davi... mas nunca momento de murmuração! Pelo contrário, ele fez a introdução desse salmo, dizendo que em todo tempo, não importando as circunstâncias, é favorável para adorar. 

Antes de uma batalha... adore!


"Louvarei ao Senhor em todo tempo; o seu louvor estará continuamente na minha boca." salmo 34.1

E os versículos seguintes falam de um Deus que quando adorado, buscado, vem ao socorro.  Ele afirma, dá segurança aquele ouve, que os anjos do Senhor estão ao  redor protegendo-nos. Leia:
"O anjo do Senhor acampa-se ao redor dos que o temem, e os livra de todo mal."  34.7
Nesse tempo de perseguição, ele sabia que nada lhe aconteceria. Ele tinha promessa!! Ele tinha sido escolhido e ungido... ele não saiu proclamando o que lhe seria feito, pelo contrário, guardou em segredo. Firmou sua mente no amor de Deus e esperou... até ser promovido! Davi era aliançado com os céus. A fé desse homem o fez inabalável diante da raiva, ódio e ciúmes de Saul.  E aguentou até o fim!

Durante a batalha... adore!



"Os filhos dos leões necessitam e sofrem fome, mas aqueles que buscam ao senhor de nada tem falta." 34.10

Davi dentro de uma caverna, sem luxo, talvez sem o necessário, afirma que de nada ele tinha falta. Deus mandou sua família para visitá-lo, e os homens que foram chegando até formar o exército. Davi enxergou naqueles homens falidos,amargurados um potencial para guerra. E eles passaram a batalhar para o sustento próprio e das famílias. Nesse momento já era uma cidade...  Agora, Davi era contratado juntamente com seus homens para guerrear em prol das lutas de outros reis. Depois dessas lutas, na volta para suas famílias, encontraram a cidade queimada e vazia. Todos os filhos e mulheres tinham sido  capturados para a escravidão. 

Ao final de uma batalha... adore!


" Muitas são as aflições dos justos, mas o Senhor os livra de todas." 34.19

Davi muito se angustiou e o povo, no caso os homens, se mostraram revoltados com Davi! Mas ele  jamais se deixou desanimar. Consultou a Deus e Ele lhe disse para ir atrás pois  recuperaria tudo. Davi creu e foi com 400 homens, pois 200 não tinham resistência física para a batalha. No meio do caminho, encontrou um homem doente, faminto e largado à sorte. Davi, por misericórdia, o alimentou, socorrendo-o. Para sua surpresa, esse homem, era um dos que saquearam a cidade onde estavam suas famílias. Esse, o levou até onde estava tudo o que era deles, inclusive as mulheres e crianças. Davi batalhou e foi restituído de tudo... até além! 



Ele foi honrado... e restituído!

 Postura do cristão: diante da tragédia não se deixe abater... levante-se, consulte ao Senhor e creia na revelação que ele lhe der! Quem crê no que Deus diz terá o que lhe foi revelado. 

Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.

Salmo 149

A igreja executando a sentença...



"...Nos seus lábios estejam os altos louvores de Deus, nas suas mãos, espada de dois gumes,
  para exercer vingança entre as nações e castigo sobre os povos;
  para meter os seus reis em cadeias e os seus nobres, em grilhões de ferro;
  para executar contra eles a sentença escrita, o que será honra para todos os seus santos. Aleluia!"


Você já se viu como um oficial de justiça do reino de Deus? 

Um trabalho muito importante e até perigoso, um oficial da justiça atua fora dos tribunais, fazendo cumprir o que foi determinado pelo juiz. Não é qualquer um, não! Ele tem que ser formado em nível superior e concursado. Entre as profissões de risco, está essa. Algo interessante nessa profissão é que ele não representa parte nenhuma do conflito, ele é representante direto do juiz, cumprindo,efetivamente, as decisões exaradas pelo magistrado, não agindo em causa própria ou de outrem. Sem muito alarde, esse exímio trabalhador, tem autoridade incontestável, em mãos  o crachá, carteira e brasão, servindo sempre com um mandado judicial. 

O texto que infere essa postagem, o salmo 149, retrata uma igreja militante, guerreando nas hostes espirituais, com toda autoridade dada pelo justo juiz, executando a sentença exarada por ele. Confesso, que só me dei conta desse fato, nesse texto, por esses dias. Pois na verdade, nossa tendencia é dar ênfase o início do texto... os primeiros versículos que falam da adoração à majestade, santidade e poder do Senhor. Também, relata a posição do adorador e os motivos pelos quais deve se dar louvor ao Senhor... até o lugar é exposto.
 "Exultem os santos na glória; alegrem-se nas suas camas." 
Porém, esse mesmo texto diz que enquanto na boca está o louvor ao Senhor na mão,deve estar a Palavra. 
"Estejam na sua garganta os altos louvores de Deus, e espada de dois fios nas suas mãos,"
Na, boa, perdão a gíria, isso nada mais é que batalha espiritual. E a igreja foi chamada para esse fim. 
"Tudo que ligares na terra será ligado no céu, tudo que desligares na terra será desligado no céu."
Quem milita no mundo é a igreja. Esta, já está cheia de autoridade... só precisa usá-la. 

Somos oficiais da parte de Cristo, para fazer cumprir a sentença escrita... eu e você, só temos que nos posicionarmos. Seu nível, querido, é superior... O Espírito Santo em você é uma dinamite pronta para explodir o território do inimigo. 
Vitória é o grito de guerra... por Deus e pela igreja dele!

Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães. 

quinta-feira, 23 de junho de 2016

Fé e coragem... uma parceria imbatível!



Uma gota de fé muda o curso de um oceano... assim, como uma gota de coragem pode acabar com uma tempestade. O nosso interior se abastece daquilo que o alimentamos. Lembre-se de quando o povo de Deus fugia de Faraó? Eles precisaram crer para sair, depois crer para caminhar no deserto. Coragem para fugir de Faraó e entrar no mar crendo que ele se abriria e não fecharia antes de todos passarem.  Quando a fé oscila... a coragem vai embora. Então, lembremos de Pedro: ousou andar sobre o mar. Quando se viu andando... a fé vacilou. A coragem foi a primeira a afundar depois, o corpo dele. 






 " Ora, não te ordenei: Sê forte e corajoso? Não 

temas e não te apavores, porquanto Yahweh, o 

SENHOR teu Deus, está com você por onde quer 

que 

andes!” 


É proibido desistir! 

Josué 

precisou 

de muita coragem e persistência... o povo inimigo era forte e 

terrível. O povo liderado era, terrivelmente, difícil de cuidar. 

Sem Moisés ia ser difícil continuar... mas Deus sabia que ele 

era capaz. E por isso essas palavras duras porém, tão 

confortadoras. Parafraseando: "Eu estou lhe 

mandando ser forte e corajoso 

porque não haverá se quer um minuto que eu não esteja com 

você! Até dormindo.. nos seus sonhos, estarei contigo! 

Moisés 

morreu, eu não! Serei o mesmo com você! As promessas 

dadas a Moisés seguirão com você, por você e através de 

você."



Seja forte e corajoso... respire fé, viva de fé em fé, realize com fé!

Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.

terça-feira, 21 de junho de 2016

Uma palavra pertinente para os tempos de hoje...

Hoje, se vocês ouvirem a voz do Senhor, não endureçam o coração. 

(Salmos 95. 7-8)



Dois reis. Duas histórias diferentes... num mesmo tempo. Josafá, rei de Judá,procurava agradar a Deus enquanto Acabe, rei de Israel, fazia o que era mau ao Senhor. Aliançados, uniram-se para guerra. Josafá, temente a Deus, sugeriu consultá-lo. Além dos 400 profetas pagãos, eis que Micaías foi também chamado para expressar a vontade do Senhor. Este, não era suportado por Acabe por denunciá-lo pelos pecados cometidos. 


 “Espero que sejas da mesma opinião que eles, que as tuas palavras sejam numa linha favorável”, opinou o homem.  Micaías no entanto respondeu-lhe: “Garanto-te que o que Deus me mandar dizer, é aquilo que eu direi.

Quando o profeta de verdade transmitiu o recado do Senhor, até esbofeteado foi, por denunciar o espírito de mentira que estavam nos outros profetas, o rei Acabe se irou e mandou prendê-lo. O que Micaias falou, da boca do Senhor, feriu o ego de Acabe. Este não gostou nada... a palavra era de alerta. Ele não aceitou. Bem, por não gostar do que ouviu, morreu na batalha. A vontade de Acabe não foi a mesma do Senhor. E ele preferiu a própria... Aquele que somente ouve o que quer vai viver do que não quer. 400 profetas falaram o que ele queria ouvir. Um somente, falou-lhe a verdade. Nem sempre a verdade se encontra entre a maioria.  Aqueles que estão junto de Deus, falam de Deus por escutar e viver uma vida de intimidade com Deus. E eles nem sempre estão em evidência. O profeta Micaias não era bem aceito. Homem de poucos amigos...como cabe a todo profeta por falar a verdade.  Deus não nos obriga a obedecê-lo. Ele aponta o caminho, dá a direção, usa os que de fato são,verdadeiramente, dele... mas cabe a nós escolher. 

"Hoje, se vocês ouvirem a voz do Senhor, não endureçam o coração. "

Muitos querem ouvir a voz de Deus
Poucos querem obedecer.

Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.


segunda-feira, 20 de junho de 2016

Cavando valas... você está preparado para receber a promessa?




2 Reis 3:15-18. “Ora, pois, trazei-me um tocador de harpa. Quando o músico tocava, veio o poder de Deus sobre Eliseu. E falou Eliseu: Assim diz o Senhor: Fazei neste vale, covas e covas. Porque assim diz o Senhor: Este vale se encherá de tanta água que bebereis vós e o vosso gado e os vossos animais e o Senhor entregará Moabe em vossas mãos.”

A música com certeza é uma grande aliada da adoração e para revelação da vontade de Deus. Eliseu se preparou para ouvir a voz do Senhor... isso me ensina que para ouvir a resposta do alto deve-se primeiro estar  envolvido, espiritualmente. Não é de qualquer jeito que se ouve a Deus. Hoje,determinadas pessoas saem ouvindo qualquer um no afã de saber sobre a vontade de Deus. Cuidado! Nem toda boca é boca de profeta... avalie quem é a pessoa, como ela se relaciona com Deus na intimidade. Se você ler alguns versículos anteriores poderá concluir porque  eles foram até Eliseu. Eles estavam a procura de um profeta e identificaram Eliseu como alguém que tinha com ele a palavra do Senhor.
 


"Aqui está Eliseu, filho de Safate, que derramava água sobre as mãos de Elias. E disse Jeosafá: Está com ele a palavra do Senhor. Então o rei de Israel, Jeosafá, e o rei de Edom desceram a ter com ele."

Considerando que eles sabiam que Eliseu não era qualquer um... correram para saber o que Deus faria. De inicio Eliseu não se interessou pelo caso, mas por respeito ao rei de Judá, se prontificou a clamar a Deus. Então, a música foi um preparo para ele entrar em sintonia com o Pai. "Tragam tangedores..." Enquanto a música tocava veio sobre Ele a mão do Senhor. A profecia foi muito clara. A promessa  dada pela boca do profeta teve uma ordenança aos interessados: "Fazei covas e covas." Estejam  preparados para o grande manifestar da bênção e livramento. Vou mandar chuva,mais tanta... que não haverá falta para mais ninguém. E ainda derrotarão Moabe. 
O que eles tinham que fazer? Se prepararem para receber a promessa... E se eles não fizessem as covas? Perderiam as águas que naquele momento eram mais valiosas que dinheiro, ouro e prata. Era promessa do Senhor porém, eles tinham que ter como retê-la. Hoje, vejo tantas pessoas ávidas por promessas porém, poucas se colocam na posição certa de obediência e preparo. Sim, Deus ainda se revela aos seus por meio de profecias. Sim, Deus cumpre todas as promessas que ele faz... no tempo propício. A descrença, a imaturidade e a desobediência interferem e podem inclusive, tardar as respostas de Deus. Você tem se preparado para receber o que Deus determinou? Você está na posição de receber a promessa? Fique esperto e atento.
Boa noite!
Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.

domingo, 19 de junho de 2016

Nós, José e Mardoqueu...

Ester 6






Naquela noite, o rei não conseguiu dormir; por isso ordenou que trouxessem o livro das crônicas do seu reinado e que o lessem para ele. E foi lido o registro de que Mardoqueu tinha denunciado Bigtã e Teres, dois dos oficiais do rei que guardavam a entrada do Palácio e que haviam conspirado para assassinar o rei Xerxes."Que honra e reconhecimento, Mardo­queu recebeu por isso?", perguntou o rei. Seus oficiais responderam: "Nada lhe foi feito".

Você já foi esquecido? Eu,José e Mardoqueu...sim!

Mardoqueu fez algo extraordinário e não recebeu, se quer, um obrigado. E de repente , do nada, o rei perde o sono e decide ler registros passados... e claro, do nada é pra incrédulo, pois para nós esse episodio tem tudo a ver com a mão soberana de Deus em favor de Mardoqueu e seu povo.


Havia um plano diabólico contra a vida de Mardoqueu.Hamã estava construindo uma forca e advinha pra quem? Mas Deus fez o rei se importar no momento ideal. Antes,porém, que Hamã destilasse seu veneno,Deus derramou graça! O rei pediu conselhos a Hamã do que fazer ao homem que ele gostaria de honrar. Este, pensando que se tratava de si mesmo, deu um conselho excepcional:

"Ao homem que o rei tem prazer de honrar,ordena que tragam um manto do próprio rei e um cavalo que o rei montou, e que ele leve o brasão do rei na cabeça. Em segui­da, sejam o manto e o cavalo confiados a alguns dos príncipes mais nobres do rei, e ponham eles o manto sobre o homem que o rei deseja honrar e o conduzam sobre o cavalo pelas ruas da cidade, proclamando diante dele: 'Isto é o que se faz ao homem que o rei tem o prazer de honrar! O rei ordenou então a Hamã: "Vá depressa apanhar o manto e o cavalo e faça ao judeu Mardoqueu o que você sugeriu. Ele está sentado junto à porta do palácio real. Não omita nada do que você recomendou".

Eu sei, Deus é Senhor em revirar túmulos,rever ações, abrir baús e levar pessoas a dar grandes viradas...

Sim, Mardoqueu foi honrado, livre da forca que o próprio Hamã fez para ele.

Ele foi esquecido até Deus o fazer lembrado pelo rei.

Pensemos em José. Ele estava lá na prisão quando surgiu a oportunidade de interpretar sonhos. Ele o fez com disciplina de servo e quando tudo que ele falou se concretizou, ele que pediu para ser lembrado diante do faraó, não foi.

"...Três dias depois era o aniversário do faraó, e ele ofereceu um banquete a todos os seus conselheiros. Na presença deles reapresentou o chefe dos copeiros e o chefe dos padeiros; restaurou à sua posição o chefe dos copeiros, de modo que ele voltou a ser aquele que servia a taça do faraó, mas ao chefe dos padeiros mandou enforcar, como José lhes dissera em sua interpretação. O chefe dos copeiros, porém, não se lembrou de José; ao contrário, esqueceu-se dele." Gênesis 40. 20 a 23

E o tempo passou... exatamente no final de dois anos,em três anos,Deus faz Faraó ter um sonho, e como num piscar de olhos o cretino do chefe dos copeiros se lembrou, do nada, de José. Do nada mesmo? Claro que não! Nosso Deus agindo... Ninguém, "dos bons da corte", conseguiram decifrar o sonho. Então, eis que buscam o rapaz na prisão. Essa interpretação mudou todo o curso da história de José do Egito.

O faraó mandou chamar José, que foi trazido depressa do calabouço. Depois de se barbear e trocar de roupa, apresentou-se ao faraó. O faraó disse a José: “Tive um sonho que ninguém consegue interpretar. Mas ouvi falar que você, ao ouvir um sonho, é capaz de interpretá-lo”.Respondeu-lhe José: “Isso não depende de mim, mas Deus dará ao faraó uma resposta favorável”.

E deu!! José foi esquecido até que Deus o fez ser lembrado...

José se tornou governador, provedor e protetor de toda sua família e povo. Já Mardoqueu, conta a história, o judeu foi primeiro-ministro; a sua autoridade exercia-se hierarquicamente logo a seguir à do monarca. Tornou-se na verdade um homem de imenso prestígio entre os judeus e respeitado por toda a gente da nação, por ter feito tudo o que pôde pelo seu povo e pela prosperidade dos da sua raça em exaltação ao seu Deus.


José e Mardoqueu viveram uma vida com propósito. Note, caso deseje ler mais sobre eles, que as ações eram sempre para exaltar o Deus que amavam. Nenhuma decisão era em benefício próprio. Quando vivemos assim, as soluções de Deus aparecem nos calabouços de nossas vidas; haverá necessidade de nós e em algum momento alguém vai perder sono e até encontrar registros de algo que nos seja favorável. No final de tudo... seremos lembrados e sairemos honrados!

O princípio bíblico "Honra a quem honra" Romanos 13:7... no Novo Testamento já era cumprido no Antigo. Quando honramos a Deus, as pessoas que nos cercam, Deus nos honra. E por Ele jamais seremos esquecidos!

Não importa o que nos aconteceu, quantos já nos magoaram, se amigos ou irmãos nos abandonaram e se até aqueles por quem fizemos já nos esqueceram... se nossas ações foram de obediência e exaltação a Deus, Ele agirá em nosso favor, creia!

O princípio da honra é exercido pelo próprio Deus. Ele jamais nos pedirá algo que Ele mesmo não faça.


Nós não seremos esquecidos...


Hoje, especialmente, alguém foi lembrado nos céus por sua fidelidade na terra... Educadora Elly Bess de Alcântara.

A Deus a honra, a glória e o louvor por essa mulher de fé, envolvimento e fidelidade ao Reino.

Recebeu um novo nome, um novo corpo e um novo lar... uma coroa e o abraço de boas vindas do Senhor.

Saudades...


Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.

quinta-feira, 16 de junho de 2016

DEPOIS DE ORAR...





"Aprendi com Daniel que:

Somente quem abre a boca diante de Deus, conquista o

direito de fechar a boca dos leões."








"Às vezes, os mais fortes são os que amam além dos defeitos

choram de porta fechada e lutam as lutas que ninguém

percebe."

– Teofilo Hayashi







É muito melhor estar no vale da sombra da morte com 
Deus do que em Hollywood sem ele!

Por onde você andou nem sempre importa, o que importa é

para onde você está indo agora.

(Pr. Chinelato)




Oração - orar e ação 
Você ora
Deus entra em ação.
Ele dá a visão,
Mostra a direção...
Então,
Crer, também é agir!
Agir dentro da Palavra
Agir dentro da Revelação
Agir para obedecer...
Agir, pode crer,
É o primeiro passo
depois de crer.






Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães


















segunda-feira, 13 de junho de 2016

Padrão espiritual...


"A presença de Deus

com você

não elimina o processo

de Deus em você."



"Andar na Palavra de Deus

é uma das maiores medidas

de proteção

que recebemos,

contra o diabo."



"Não precisa ser grande 


para ser relevante. 

Uma pequena luz acesa ,

quebra as densas trevas. 

Comece de onde você está, 

use o que você tem, 

faça o que você pode."


Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.

domingo, 12 de junho de 2016

Razão e emoção...









                  "O que é seu chega com o tempo. 
O que não é, se vai com 
ele..."






"Advertência!


Cuidado a quem vai dedicar teu afeto, meu bem...
Há pessoas que são como recipientes furados:
quanto mais se deposita,
menos se tem!"



Se for pra ficar... fique bem! 
Se for pra ir... vá logo!

Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.

KOYNONIA - DESTAQUES DO MÊS

Deus pensou em você!





Deus pensou em você!
Na manhã de hoje...Deus pensou em você. Não diferente de ontem, precisamente ele calculou todos os riscos possíveis, que você correria neste dia, sem a intervenção dele em sua vida.
Pensou em que circunstâncias Ele teria que atuar a seu favor e através de você, com a legítima vontade de lhe abençoar.
Programou sua agenda de forma que seus sonhos se realizassem e suas expectativas fossem atingidas. Porém, observou que partes do dia ,várias vezes, (onde lhe deu liberdade de ação )você teve oportunidade de pedir ajuda e não o fez...e então conclui que por mais bem ele o fizesse e por mais bênçãos o desse, ainda assim,partes de suas escolhas seriam sem consultá-lo. Que pena! Sofrimentos poderiam ter sido evitados, dores não sentidas, frustrações não ocorridas e derrotas não vivenciadas. Porém, só assim você entendeu, já no finalzinho do dia, que era mais sensato e inteligente e bem menos dolorido, ter dito: Pai, me ajude... Mas amanhã é outro dia e tudo pode ser diferente. Já é tarde, Ele continua a te proteger e esperar a tua manifestação de filho. Seja sensato e não vá pra cama sem falar com Deus .Uma oração por menor que seja, poderá fazer uma grande diferença em sua vida.
"Que Ele cresça e que você diminua..."
(parafraseando- João Batista)
Deus te abençoe!
Pela cruz de Cristo,Maristela Guimarães.