KOYNONIA-KOYNONIA-KOYNONIA-KOYNONIA-KOYNONIA-KOYNONIA

KOYNONIA - IRMÃO - KOYNONIA - UNIÃO - KOYNONIA - COMUNHÃO - KOYNONIA - UNIÃO - KOYNONIA - IRMÃO - KOYNONIA -

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

A mais profunda alegria...






"O tempo é o relógio da verdade. O tempo é o revelador de 


caráter. O tempo é o melhor médico para dizer o quanto 


somos doentes ou saudáveis. O tempo é testemunho a favor 


do sábio mas, denúncia o caráter do tolo. 


Obrigado Senhor. A glória é do Senhor do tempo."


Esse pequeno agradecimento, com palavras tão sábias, foram 
do Renê Terra Nova, em comemoração aos 25 anos de 
ministério. Eis um homem que entendeu o propósito de sua 
vida... servir ao reino. É notório a sua profunda alegria 
em saber que em todo o tempo vivido não foi em vão. 
Eu sempre admiro as pessoas que têm corações gratos. Deus muito mais que eu... Agora, melhor que gratidão é a disposição em cumprir a vontade de Deus, abrir mão da própria vontade e se atirar nas mãos do Senhor. Pena que algumas pessoas ainda se mostram resistentes em dizer sim para Deus e fazer sua vontade. Mas uma coisa é certa: Quem não teme perder a sua vida em função de cumprir o que Deus deseja, viverá a mais profunda alegria. 


O Senhor me mostrará os caminhos da vida. Junto do 


Senhor sempre há a mais profunda alegria!

Salmos 16:11



Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.

domingo, 25 de outubro de 2015

Em sermão que virou postagem: Os quatro erros de Sara...


"Disse, pois, Sarai a Abrão: O Senhor me tem impedido de ter filhos. Gn 16.2

Conceitos errados sobre Deus leva-nos à atitudes fora do plano dele. Parece-me que Sara não tinha a mesma intimidade com Deus, tal qual tinha seu esposo. Deus já havia falado com Abraão sobre o herdeiro. Enquanto este via estrelas... 
Sara enxergava impossibilidades. Eu creio que Abraão havia contado sobre o encontro com Deus a Sara. Eu creio que como um casal eles tenham tido uma conversa franca sobre tal promessa e com uma fala até bem emotiva a respeito do filho prometido. Mas, será que a fé vista por Deus em Abraão existia em Sara? Não, nesse episódio. A forma como pensamos revela nossa fé. Sara começou questionar sua infertilidade e como toda mulher, ociosa e ansiosa, tentou resolver as coisas do seu jeito.  Ela convence Abraão a fazer o que Deus não havia falado para fazer. Olha, essa coisa de convencer homens é desde o Éden... A mulher exerce uma força sobre o homem grandiosa. Se a mulher for sábia levará o homem a grandes obras mas, o contrário...  a ruína. Por isso a Bíblia é enfática ao afirmar: "A mulher sábia edifica a sua casa mas a tola por suas próprias mãos a destruirá." E assim começa a história de duas nações: Ismael e Isaque. Quais foram os erros cometidos por Sara?

 "Deus tem me impedido." O primeiro erro: Pensar errado...
Sara pensou sobre Deus, erroneamente. A palavra chave nesse versículo "impedido", na forma nominal particípio é um verbo indicando uma ação já acabada, finalizada. Ou seja, para Sara, Deus  agiu contra a  a sua natureza de gerar  filhos, tirando-lhe a possibilidade de engravidar.  Um pensamento que complicou a vida de muitas pessoas.  Já vi pessoas fazendo tudo errado, trilhando caminhos diferentes do que o Senhor planejou por deixar a emoção conduzir suas ações. A nossa oração enquanto caminhamos com Deus é: Senhor, não me deixe pensar errado a cerca dos seus planos. Me livre desse erro!! 
Escolheu errado - ..."Toma a minha serva; porventura terei filhos dela."  
Quando pensamos - fazemos escolhas. Se você não tem pensamentos corretos a respeito daquele que escreve sua história como fará a escolha certa? O que  pensamos sobre Deus em nada muda o que Deus é mas, fará grande diferença num momento de decisão e principalmente, no que seremos. A escolha de hoje é a semente de uma grande árvore chamada, amanhã. O pior são os frutos... frutos amargos, Sara, colheu. 
Pensou errado - escolheu errado - sentiu errado. Uma bola de neve! 
Emoções... Ou as controlamos, ou seremos controlados por elas!
 "Sobre ti seja a afronta que me é dirigida. Pus a minha serva em teu regaço e vendo ela que concebera, desprezou-me."
Ela planejou tudo... e agora, culpa o marido. Coloca sobre ele a responsabilidade. Se vê desprezada na verdade, não pela serva mas, por Abraão. Vamos pensar com a cabeça de uma mulher frustrada: "Ela deu filhos ao homem que amo, enquanto eu, não." Mas não foi ela a cabeça pensante? Não é assim, conosco? Pensamos, fazemos, sentimos e depois as outras pessoas ainda são culpadas! Uma vez que se sentiu desprezada, Sara, tornou-se amarga e cruel. As mulheres, mais que os homens, tendem a caminhar facilmente de um lado para o outro nesses sentimentos mesquinhos. Mas, conheço homens assim, também. A Bíblia diz que ela maltratou Hagar. Meu Deus, como o ser humano é egoísta!
Sara, por fim, viu errado. 
Pensou - escolheu - sentiu - viu errado. 
Deus abençoou Sara e ela teve Isaque  mas, permaneceu fria e calculista. Deus foi misericordioso com ela, porém, ela não foi com Hagar. Sara nem considerou os sentimentos de Abraão em relação ao  filho, Ismael.  Exigiu que Hagar fosse embora sem direito a nada... 
"Pois o filho dessa escrava  não herdará com meu filho Isaque. Essa decisão pareceu muito penoso aos olhos de Abraão." 
Então, Deus foi misericordioso com ele, e abençoou Ismael. 
Uma mulher amarga, rancorosa e mandona... continuou sendo Sara. Impetuosa e incapaz de se colocar no lugar dos outros. Sara tirou de Isaque a possibilidade de conviver com seu único irmão. Obrigou-o a viver sozinho... mas Isaque sabia da importância de Ismael. Na morte de Abraão vemos os dois juntos, como irmãos. 
Para finalizar: 
"A bênção do Senhor é que enriquece e não acrescenta dores." 
De nada vale nosso esforço... a bênção é vindo de Deus, fruto do seu amor, cuidado e propósito. Quando tentamos adiantar as coisas colhemos o fruto amargo. Tudo que vem da mão do homem, do esforço humano é fardo, choro e dor. E Sara experimentou isso. 
Aprendamos com os erros de Sara: Aguardar a bênção do Senhor é sinônimo de fé. O tempo da espera é a forma de Deus nos preparar para recebê-la. 
Boa noite!
Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães. 


quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Os laços que Deus estabelece...



      
  Um ajudou o outro e disse ao seu companheiro: “Esforça-

te!” (Isaías 41-6)

"Deus poderia ter montado uma rede social, mas preferiu 

estabelecer laços humanos." [Rubem Amorese]


Já ouvi dizer que “cabrito bom não berra”, “baseado” em 

Isaías 53.7, que diz que o Cordeiro “não abriu a sua boca”. 

Mas já ouvi também que “quem não chora não mama”, com 

“suporte” em Mateus 5.4, que diz serem bem-aventurados os 

que choram.

Tem gente que, por índole ou formação, logo pede socorro. 

Gosta de ter muita gente em volta e fala dos problemas sem 

embaraço. Mas tem gente que prefere calar-se, “encaramujar-

se”.
 
As duas atitudes me parecem humanas. Aquele que logo 

procura ajuda não quer ficar sozinho com os problemas. Já o 

outro se isola, absorto pela dor, que lhe rouba toda a energia 

e diz: “Não se distraia, estou aqui”.
 
Em um extremo, o extrovertido pode não aprender muito 

com o sofrimento, pois não se detém para aprofundá-lo; quer 

logo se livrar dele, falar sobre ele, pedir oração. Corre 

também o risco de ser machucado, pois essa abertura o torna 

vulnerável à rapina fraterna. Pode se transformar até mesmo 

em tema de sermão dominical.

 No outro extremo, o introvertido perde muito do conforto 

que poderia ter com o conselho sensato, com as orações, com 

a ajuda objetiva. Ao se isolar, preserva a imagem, a 

privacidade, mas terá de resolver tudo sozinho. 

Eventualmente, um fardo excessivo e desnecessário, pois a 

solução, ironicamente, poderia estar com o irmão não 

consultado.         ( Rubem Amorese)

Amizades verdadeiras e cristãs podem muito nos favorecer... 

Bom é poder confiar e esperar o melhor daqueles que Deus 

colocou em nosso caminho. Melhor ainda é ser para alguém 


porto seguro na hora da dor. Deus fortaleça os laços que ele 

mesmo estabeleceu em nossa vida!

Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.


terça-feira, 20 de outubro de 2015

Palavras de fé...



Deixe que a aflição venha – Deus me escolheu. Pobreza, tu 
podes passar na minha porta, mas Deus já está na casa, e ele 
me escolheu. Doença, tu podes te intrometer, mas eu tenho 
um bálsamo pronto -Deus me escolheu. (Aleluia!!!)

Eu te escolhi na fornalha da aflição.” (Isaías 48.10)

O que quer que me acometa neste vale de lágrimas, eu sei 
que ele tem me “escolhido”. Se tu, crente, necessitas ainda de 
mais conforto, lembra-te que tu tens o Filho do Homem 
contigo na fornalha. Nessa sua câmara silenciosa, está 
assentado ao teu lado Aquele que tu não tens visto, mas a 
quem amas, que tem feito toda a tua cama na tua aflição, e 
amacia o teu travesseiro para ti. Tu estás na pobreza; mas na 
tua amável casa o Senhor da vida e da glória é um visitante 
frequente. Ele gosta de vir a estes lugares desolados para que 
lhe visitar.
Ele se mantém bem perto de ti. Não podes vê-lo, mas podes 
sentir o toque de suas mãos. Não ouves a Sua voz? Mesmo no 
vale da sombra da morte, Ele diz: “Não temas, porque eu sou 
contigo, não te assombres, porque eu sou teu Deus.” Não 
temas, Cristão, Ele está contigo. Em todas as tuas provas 
de fogo, Sua presença é tanto o teu conforto quanto a tua 
segurança. Ele nunca vai deixar alguém a quem ele escolheu 
para Si. “Não temas, porque eu sou contigo”, é a Sua clara e 
segura palavra de promessa para os seus escolhidos na 
“fornalha da aflição.” 
Tu, então, não te apegarás a Cristo, e dirás:

“Através de inundações e chamas,

se Jesus me guiar,

eu o seguirei aonde Ele for.”

(Texto de autoria de Charles  Spurgeon)

"A luz que me guia é bem mais forte que os olhos que me 
cercam."

Nada pode ser mais forte que o nosso Deus. Nada pode ser 
maior que sua vontade!! 

Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Quando Jesus orou por mim... Ele pensava em nós.

10420376_349281975233681_2399600172542889339_n

( Efésios 1:3 ) - "Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo;"

"A obra de Deus começa difícil, torna-se impossível, e então é feita." (Hudson Taylor)

(Texto do blog Leia a Bíblia)

Quando você entra em um aposento e descobre que tem alguém falando mal de você, o sentimento é de tristeza e indignação. Mas e se a pessoa estiver falando bem de você? E se estiver fazendo mais que isso: estiver intercedendo por você, querendo para você tudo de bom? É o que encontramos aqui. Entramos na intimidade de uma conversa que Jesus está tendo com o Pai, e o assunto da conversa são os que viriam a crer nele no futuro. Há dois mil anos Jesus já intercedia por mim diante do Pai. Veja o que ele diz:

“Rogo também por aqueles que crerão em mim, por meio da mensagem deles [dos apóstolos] para que sejam um, Pai, como tu estás em mim e eu em ti. Que eles também estejam em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste. (Jo 17:20-24).

A mesma unidade que existe entre o Pai e o Filho é a que deve existir entre os que foram salvos por ele — todos tem um mesmo e único Salvador. Além deste aspecto da unidade, assim como Cristo manifestava Deus no mundo, o cristão deve ser a expressão de Cristo em seu caráter e andar. No livro de Atos, capítulo 4, quando os apóstolos foram interrogados pelas autoridades e pelo sumo sacerdote, estes “ficaram admirados e reconheceram que eles haviam estado com Jesus” (At 4:13). O testemunho dos discípulos era coerente com o de Jesus; havia ali uma unidade de caráter e propósitos que o mundo podia perceber.

Mas Jesus vai mais além em sua oração: “Pai, quero que os que me deste estejam comigo onde eu estou e vejam a minha glória, a glória que me deste porque me amaste antes da criação do mundo” (Jo 19:24). Lembre-se de que aqui ele fala como já tendo cumprido a obra da redenção, morrendo, ressuscitando e assentando-se à destra da Majestade nas alturas. E é nesse lugar de indescritível glória que Jesus quer que estejamos para contemplarmos a sua glória.

Ele aponta para o futuro eterno e, ao mesmo tempo, para o passado eterno: “Estejam comigo onde estou…”, e aqui ele está falando da imutabilidade de sua glória eterna; “porque me amaste antes da criação do mundo” (Jo 17:24), ou seja, na eternidade, antes de todas as eras. Entre uma coisa e outra está o tempo, essa coisa linear que Deus criou juntamente com a matéria que conhecemos, e que deixará de existir quando chegarmos ao estado eterno.

Apesar de toda a ruína em que se transformou a cristandade, com milhares de denominações negando justamente o princípio da unidade, ainda é possível encontrar unidade naquilo que identifica cada cristão: o nome de Jesus. Por que será que alguns dão tão pouco valor a esse nome ao ponto de se deixarem identificar por nomes de religiões criadas por homens?

Por Mario Persona

Boa noite!

Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.

domingo, 18 de outubro de 2015

Se Ele diz que posso, então, eu posso!!




Pensei no título da postagem ao  me deparar com o 


versículo. Depois, li o texto e resolvi unir os dois...



Se Ele diz que posso, então, eu posso!! Tudo posso naquele que me fortalece. - Filipenses 4:13




Existem fortalezas em nós que precisam cair para podermos 


entrar na Terra Prometida. Por ex, o pensamento: "Deus não 


pode me perdoar". São falsos argumentos que nos impedem 


de entrar nas Promessas de Deus.


Precisamos parar e perguntar: "Quais são as fortalezas, as 


Jericós, que precisam cair em nós?"

 Faça como Josué e coloque Deus (a Arca da Aliança, a 


presença de Deus) bem no meio. Consulte a Deus em tudo. 


Fale com Deus todo o tempo. "Senhor, queres que eu faça 


assim?", "Senhor, que sejas Tu a beijar meus filhos essa noite 


quando eu os colocar para dormir".

Toque o shofar! Presença, poder e a provisão de Deus. 


Apareceu primeiro com Abraão quando Deus proveu o 


cordeiro, e se tornou um símbolo da provisão divina. O povo 


de Israel entendia que tocar o chifre do cordeiro era declarar: 


"Deus venceu e proverá".

Onde compramos um chifre de cordeiro? Conhecendo as 


Escrituras. Seu shofar é a Palavra de Deus. Satanás não pode 


permanecer onde a Verdade é proclamada.

Identifique a fortaleza e combata com a Palavra. Use um 


versículo 


ou quantos quiser, que vão contra aquela mentira do 


inimigo. 


Que você soe o shofar, a Palavra, no caminho do trabalho, 


em casa, onde estiver.


Menos medo, mais fé. Menos preocupação, mais 


oração. 


Menos argumentos e sentimentos da nossa própria 


mente, e 


mais Verdade da Palavra. Derrube as fortalezas 


que se 


levantam contra as Promessas de Deus e entre na 


Terra que 


Ele te promete.


Texto de Max Lucado

Se Ele diz que posso, então, eu posso!! Tudo posso naquele que me fortalece. - Filipenses 4:13

Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.

KOYNONIA - DESTAQUES DO MÊS

Deus pensou em você!





Deus pensou em você!
Na manhã de hoje...Deus pensou em você. Não diferente de ontem, precisamente ele calculou todos os riscos possíveis, que você correria neste dia, sem a intervenção dele em sua vida.
Pensou em que circunstâncias Ele teria que atuar a seu favor e através de você, com a legítima vontade de lhe abençoar.
Programou sua agenda de forma que seus sonhos se realizassem e suas expectativas fossem atingidas. Porém, observou que partes do dia ,várias vezes, (onde lhe deu liberdade de ação )você teve oportunidade de pedir ajuda e não o fez...e então conclui que por mais bem ele o fizesse e por mais bênçãos o desse, ainda assim,partes de suas escolhas seriam sem consultá-lo. Que pena! Sofrimentos poderiam ter sido evitados, dores não sentidas, frustrações não ocorridas e derrotas não vivenciadas. Porém, só assim você entendeu, já no finalzinho do dia, que era mais sensato e inteligente e bem menos dolorido, ter dito: Pai, me ajude... Mas amanhã é outro dia e tudo pode ser diferente. Já é tarde, Ele continua a te proteger e esperar a tua manifestação de filho. Seja sensato e não vá pra cama sem falar com Deus .Uma oração por menor que seja, poderá fazer uma grande diferença em sua vida.
"Que Ele cresça e que você diminua..."
(parafraseando- João Batista)
Deus te abençoe!
Pela cruz de Cristo,Maristela Guimarães.