KOYNONIA-KOYNONIA-KOYNONIA-KOYNONIA-KOYNONIA-KOYNONIA

KOYNONIA - IRMÃO - KOYNONIA - UNIÃO - KOYNONIA - COMUNHÃO - KOYNONIA - UNIÃO - KOYNONIA - IRMÃO - KOYNONIA -

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Li, gostei e postei!

musica(Salmos 77:13) - "Teus caminhos, ó Deus, são santos. Que deus é tão grande como o nosso Deus? "

"Enquanto Jesus passeava pelo jardim, você estava nas orações dele. Quando Jesus olhou para o céu, você estava em seu campo de visão." Max Lucado

Fé é acreditar naquilo que não vemos, e a recompensa dessa fé é ver aquilo em que acreditamos. – Agostinho

“Tem pessoas que oram tanto que não conseguimos ouvir o que elas querem pregar, apenas o que o Espírito Santo quer pregar.”

“A igreja deve ser sobretudo como um hospital e não uma vitrine com vasos de porcelana finas.”

"Ouvir a Deus é uma experiência pessoal. Quando pede sua atenção, Deus não quer que você envie um substituto; ele quer você."

" Nosso caráter não é visto quando falamos em língua, mas quando seguramos a língua."

Nem tudo que se enfrenta pode ser modificado, mas nada pode ser modificado até que seja enfrentado.(Albert Einstein)

"A fé é gregária. N é um produto de consumo individual. A fé cristã só é fé à medida que se vive um com outro." (Valdir Steuernagel)

 

`Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Por detrás da grandeza...

947299_421872414581370_814883152_nCada vez que iniciamos um estudo sério de uma vida notável, precisamos nos preparar para surpresas. O interessante é que,
quanto mais notável a vida, mais chocantes as surpresas. Você pode ter certeza de uma coisa: as circunstâncias e eventos que levaram à grandeza dessa pessoa tiveram origem em anos obscuros, quando poucos a conheciam e ninguém se importava com sua existência. Isso é certamente verdade com relação ao décimo sexto e provavelmente o maior presidente norte-americano, Abraham Lincoln.
Quase todos imaginariam que o cargo de presidente dos Estados
Unidos seria um clímax adequado para uma vida já cheia de prestí­
gio. Afinal de contas, quem se torna presidente cresceu, com certeza,
num ambiente requintado, emergindo naturalmente para brilhar sob os holofotes antes de cair em seu colo, sem qualquer esforço de sua parte, o cargo de presidente. Nada disso. Lincoln nasceu em 1809, numa rústica casa de madeira, no lugarejo então conhecido como Condado de Hardin, no estado de Kentucky. Seu pai era um trabalhador itinerante, iletrado, sua mãe, uma mulher frágil e doente. Eles foram despejados de casa quando Abraham tinha apenas sete anos. Sua pobre mãe morreu quando tinha nove. Não teve virtualmente qualquer educação formal.
Sua primeira tentativa de uma carreira foi em 1831 e fracassou
por completo. Um ano mais tarde, candidatou-se a ocupar o cargo de
legislador do estado, mas não teve sucesso. Nesse mesmo ano perdeu
o emprego e tentou matricular-se na escola de direito, mas não foi
aceito por causa de suas desprezíveis qualificações. Pouco depois dessa
situação humilhante, começou outro negócio com dinheiro tomado
de empréstimo de um amigo íntimo. Antes de terminar o ano,
porém, o negócio fracassou. Lincoln declarou falência e passou os 17
anos seguintes pagando o que devia.
Em 1835, apaixonou-se perdidamente por Ann Rutledge, mas
teve o coração partido quando ela morreu pouco depois do noivado.
No ano seguinte, teve um colapso nervoso e levou seis meses para
recuperar-se. Em 1838, candidatou-se a orador da Câmara Estadual e foi derrotado. Em 1840, dois anos mais tarde, quis ser membro do colégio eleitoral do estado, mas foi novamente derrotado. Em 1846, candidatou-se outra vez para o Congresso e ganhou. Dois anos mais tarde, veio a ser fragorosamente derrotado quando quis concorrer à reeleição. Em 1849, tentou conseguir o cargo de oficial do registro imobiliá­rio em seu estado, mas não foi aceito. Em 1854, candidatou-se ao Senado dos Estados Unidos. Perdeu novamente.
Em 1856, tentou ser nomeado vice-presidente da convenção nacional
do seu partido. Obteve menos de cem votos, sofrendo nova derrota embaraçosa. Em 1858, perdeu novamente uma vaga no Senado. Finalmente, em 1860, Abraham Lincoln foi eleito presidente dos Estados Unidos e, logo depois, enfrentou a guerra mais devastadora que o país já teve de enfrentar. Sua perseverança recompensou-o com sucesso político sem precedentes, e foi reeleito para um segundo mandato. Infelizmente, apenas cinco dias depois de o general Lee ter-se rendido, a 14 de abril de 1865, Lincoln foi assassinado. Ele morreu antes de fazer sessenta anos.
Sem conhecer nenhum desses detalhes, refletimos sobre uma presidência como a de Lincoln e nossa tendência é pensar: Puxa, ele deve ter tido uma formação majestosa. Examinamos depois mais cuidadosamente a escura caverna do seu passado e compreendemos que era
repleta de fracassos e tragédia, tristeza e sofrimento. Ficamos surpresos e até chocados.
O aço da grandeza é forjado no fogo. Isso se aplica a todos nós. Nunca se esqueça disso, especialmente quando você estiver em meio ao fogo e convencido de que nada de valor sairá dessa experiência.

Fonte – Charles Swindoll – Série Heróis da fé

Deus te abençoe!

Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Acolhidos na fortaleza de Deus...

papai sorrisoInstruir-te-ei, e ensinar-te-ei o caminho que deves seguir; guiar-te-ei com os meus olhos. Salmos 32:8 Tudo o que a gente quer na vida é segurança. Quando crianças queremos a  segurança dada pelos pais. Aí, crescemos e queremos a segurança de um bom emprego. Então, decidimos que precisamos da segurança de uma casa própria ( o que nesse tempo sonho), de um amor pra vida toda, de estabelecer uma família... não, necessariamente, nessa ordem e ainda assim, precisamos de mais. Natural, estamos vivos! Porém, de uma hora para outra as coisas podem mudar.  E o que julgávamos seguro se desmorona... Nesse momento, vemos que a única coisa certa é o amor e o cuidado de Deus. Na insensatez criamos falsos apoios e nos esquecemos que tudo é fugaz e temporário. No afã de realização e conquista nos colocamos em riscos, às cegas...    Tenho pedido pra Deus algo que já é promessa dele: Guia-me com teus olhos!!! Ser instruído, ensinado e dirigido pelo Senhor criador e sustentador de todas as coisas, que discerne tudo, sabe de tudo e controla tudo. Isso sim é valido é seguro. Quando desmontamos toda a nossa estrutura de segurança e destruímos nossa falsa proteção... somos acometidos pela favorável presença doce e suave de Deus e acolhidos em sua fortaleza. "Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente nas tribulações." Salmos 46:1 O encontro com Deus exige a morte dos deuses. @edrenekivitz Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães





sábado, 17 de janeiro de 2015

Deus nos capturando para a intimidade.

tumblr_ltyh8wSvCm1qiidado1_1280

Parafraseando,C.S.Lewis

Nossa pior oração é na verdade a melhor oração que poderíamos fazer. Às vezes, Deus para nos falar intimamente Ele nos desarma... tira-nos de nossas próprias proteções e cuidados, capturando-nos.

"A intimidade com Deus é a chave que abre os céus."

E eles construiram essa intimidade...

“Moisés. Tendo crescido no ambiente prestigioso da corte suntuosa
do Faraó, Moisés preparava-se para abraçar um futuro político notá­
vel. Depois de assassinar um cidadão egípcio, todavia, Moisés fugiu
para as planícies de Midiã, onde se casou com a filha de um sacerdote
local. Ele passou os quarenta anos seguintes cuidando dos rebanhos
de ovelhas de seu sogro. Não foi senão aos 80 anos que Deus finalmente tirou da obscuridade o ex-príncipe egípcio que se tornara pastor e colocou-o nos anais da grandeza. Sim, você leu corretamente:
ele tinha 80 anos!
Davi. Ungido rei de Israel quando adolescente, não subiu ao
trono senão aos 30 anos de idade. Depois da sua heróica vitória
sobre Golias, passou os treze anos seguintes como fugitivo, escondendo-se nas cavernas de En-Gedi do rei Saul, que quase enlouquecera
de inveja dele. Alguns dos apreciados salmos de Davi nasceram durante essa dura prova na solidão. Na maior parte do tempo ficou na obscuridade, sobrevivendo no deserto da Judéia, um dos mais rudes e inóspitos territórios do mundo.
José. Lançado na prisão por causa das falsas acusações da sedutora
mulher de Potifar, cujo assédio agressivo ele rejeitou diversas vezes, o
homem deve ter-se sentido injustiçado e abandonado. José passou dois anos nas prisões do Egito imaginando se voltaria a ver novamente a luz do dia. Embora sua condenação fosse injusta, José aprendeu muito na cela da prisão.
Elias. De pé diante do rei Acabe, transmitiu corajosamente o
seu oráculo de juízo. Não cairia chuva nem orvalho sobre o reino
enquanto eles não se arrependessem. A fim de proteger o seu fiel
profeta de uma vingança certa, o Senhor escondeu Elias junto a um
ribeiro chamado Querite. Ele ficou ali, a leste do Rio Jordão, apenas
na companhia de corvos, que Deus usou para levar para o profeta exausto. Para desânimo de Elias, o ribeiro de água fresca secou, como acontecera com a sua vitalidade espiritual e emocional.
Mas Deus havia preparado aquele retiro junto ao ribeiro como
um lugar de renovação para o esgotado profeta.
João Batista. O profeta comedor de gafanhotos no Novo Testamento
passou a maior parte da vida adulta pregando às pedras no deserto.
Ora, que tipo de missão era aquela? Nenhuma distinção, nenhum
lugar de destaque no ministério, nenhuma mensagem convincente
que atraísse as massas. Só anos de solidão, silêncio e obscuridade, que
terminaram quando ele foi decapitado a pedido de uma mocinha insensata. Todavia, Deus o chamou para o deserto. Ele tinha suas razões, e João submeteu-se ao plano divino.
Estou convencido de que esses períodos prolongados de prepara­
ção motivaram a futura eficácia de cada servo escolhido. Eles aprenderam o valor de aprofundar o seu conhecimento, de rejeitar a vida
superficial, a fim de poder ministrar mediante o transbordar da vida interior. E exatamente por isso que a superficialidade é a maldição de nossa era. Nossas vidas tão rasas não prometem provocar impacto duradouro...”
E você?

(Fonte: Séries Homens com uma mensagem – Charles Swindoll)

Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

O poder do sofrimento...

1903013_517232038382914_7329378939837241590_n

Um jovem em particular, iniciando o curso de
mestrado e eufórico com o nascimento de seu primeiro filho, ficou
atônito e incrédulo ao ouvir o diagnóstico de sua esposa: leucemia.
Dois anos mais tarde, depois de um transplante de medula que falhou,
depois de meses de dolorosas aplicações de radioterapia e de
quimioterapia de custo elevado, devastando o corpo já debilitado dessa
esposa jovem e bela, ela partiu. Nunca mais estaria ao lado dele. Uma
criança pequena e um marido de coração partido ficaram para recolher
os pedaços de sua vida em frangalhos. Esse jovem talvez tenha
entrado no seminário como um touro raivoso — cheio de sonhos, de
ambição e de confiança em suas habilidades —, mas saiu como um
manso cordeiro, mais convencido do que nunca da sua necessidade
de graça. O sofrimento o transformou. Ele me transformou. Transforma a
todos. Não compreendo todas as razões pelas quais sofremos pelo seu
Nome. Estou, porém, convencido de que isso é parte do plano soberano
de Deus ao preparar-nos para ser seus instrumentos de graça em
um mundo violento e desesperado. Sofrimento... esse tem sido o meio escolhido por Deus, através dos séculos, para domesticar os touros raivosos. O cadinho do sofrimento e das dificuldades é a sala de aula de Deus onde os cristãos aprendem humildade, compaixão, caráter, paciência e graça. Isso, que também se aplica a você e a mim,...

( Fonte: Um homem de coragem e graça – Charles Swindoll)

Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Oração de um vocacionado...

maristelaSenhor, toma-me para o teu trabalho. Atropela-me com a tua vontade... e de maneira sobrenatural, capacita-me com teu Espírito. Usa-me segundo os teus propósitos. Que sejas tu em mim... e eu em ti. Eu lhe dou minha alma... eu comprometo-me com o Senhor no corpo e no espírito. Eu lhe apresento minhas finitas e limitadas forças. Lhe entrego minhas mãos, meus pés e minha visão... meus ouvidos atentos à obediência. Nada mais é meu, tudo é teu. Não escolho o lugar, não reclamo condição, não espero riquezas... Três coisas lhe peço:  Que os discípulos me sigam. Que a multidão venha ao meu encontro e que as crianças me cerquem como sinal de que tu estás comigo.  Que eu proclame tua Palavra com intrepidez, ousadia e graça... para tua honra, tua glória, teu louvor. Tua é minha vida, teu é meu coração, tua é a minha vontade. Minha inspiração... me prostro, me consagro. Usa-me, Senhor!

Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Quando a bondade de Deus nos inspira...

deus-e-um-deus-de-amor

‘’Dai graças ao Senhor, porque ele é bom; porque a sua benignidade dura para sempre. ’’ (Salmos 136:1)

Algo que é bastante saudável e nutritivo espiritualmente é pensar na bondade de Deus. Tirar algum tempo nessa correria insana para admirá-Lo pela Sua grande misericórdia, meditar sobre Seu divino amor… É realmente inspirador. Instantaneamente sentimos um ‘’impulso’’ motivador, que nos instiga a participar de tudo isso, desse amor, humilharmo-nos diante desta misericórdia, deleitarmo-nos admirando-O. É extremamente agradável concentrar-se em Deus, e permitir que Ele preencha qualquer lacuna em nossas almas. Poder conversar com Deus a qualquer instante e sentí-Lo como um verdadeiro amigo, ou melhor – O melhor amigo. Nele habita a verdade e toda a santidade.

Quando nos dispomos a desfazer-nos de nosso velho eu e dizer ‘’eis-me aqui’’ a Jesus, passamos a enxergar cada dia como uma dádiva. Isto porque já não dependemos mais de nós mesmos, não estamos mais no controle. E cá para nós, essa coisa de controle não combina conosco. Não na área que só Deus pode controlar. E para falar a verdade, Ele deve controlar todas as áreas, afinal, Ele é O Criador delas. Se em alguma está faltando Deus, esta poderá afetar a outra, e assim sucessivamente.

Só O Criador divino sabe como vivificar suas criaturas. E uma parte incentivante disso tudo é que sabemos que Ele nos dá as ferramentas das quais precisamos para tornamo-nos como Ele quer que sejamos. Jesus nos capacita, pois Ele sabe que nEle somos capazes. Não podemos ficar de braços cruzados esperando que algo aconteça repentinamente. Este algo, ou seja, o estímulo maior, já veio, caminhou por esta Terra pregando o Seu Evangelho e deu-nos o exemplo perfeito, diga-se de passagem, de como devemos ser, fazer e agir.

Logo, já sabemos o que devemos fazer, já temos as ferramentas, e tudo o que precisamos para viver para e por Jesus. Este deve ser o motivo de nossas vidas, e todas as outras coisas que pretendemos, exercemos, enfim, fazemos, devem ser ramificações de nosso amor por Cristo. Quando amamos a Jesus em primeiro lugar, Ele molda os nossos corações para que passemos a amar e compreender o nosso próximo.

É incrível como este amor é contagiante! Mas, o que poderia esperar de um amor infinito como este? É a fonte perfeita, através dos quais fomos criados e salvos! Pode ser que seja bastante árduo desligarmo-nos deste mundo e de suas delícias, e isto acontece principalmente por deixarmos nossas almas aos cuidados do mundo. Nossas almas são dádivas divinas, solos onde a Palavra de Deus deve ser plantada e dar frutos (Mateus 13:1-23). Como é bom poder enxergar esta esperança proporcionada pela aliança que Deus fez conosco através de Jesus! (Hebreus 7:22). É uma benção saber que estamos aqui, mas não somos daqui! Há um lugar aonde nossos espíritos viverão livres eternamente em Cristo Jesus – O Céu.

É maravilhoso poder desfrutar da pura sabedoria do Mestre! Louvado seja! Vivamos o hoje para que possamos viver o amor de Cristo num momento chamado sempre. Vivamos então uma vida que contraste com tudo o que for produto deste mundo, mantendo em mente a sabedoria revelada pelas Escrituras. Eu me sinto tão profundamente entusiasmada, crente e feliz pela bondade de Deus, pois ela é eterna. Eu quero cantar louvores ao Seu nome, e exaltá-Lo. Carrego esta ânsia no âmago da minha alma.

Pretendo viver para adorá-Lo, pois não há valor em mais nada. Ciente de que sou falha, adoro-o até mesmo por causa disto uma vez que Seu poder é manifestado transformando-me todos os dias na mulher de Deus que Ele quer que eu seja. Deleito-me no fato de que posso me humilhar aos seus pés e dizer que sem Ele não posso existir. Espero que você, caro leitor, sinta o estímulo espiritual concedido por Cristo! Ele é maravilhoso e compartilha com você a Salvação. Ele é pleno e glorificado eternamente. Que todas as nossas adorações voltem-se a uma só direção: Jesus Cristo. Só Ele é digno. Não adianta tentarmos encontrar a dignidade dEle em outro lugar, isto é pura perda de tempo. Adoremos a Deus, aprendamos com O Mestre, busquemos ao Senhor!

Que Jesus Cristo abençoe a todos.

Agraciada e agradecida pela inspiração do Espírito Santo,

Esther Moore – site Leia a Bíblia

Li, gostei e postei.

Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães

sábado, 10 de janeiro de 2015

A “Prioridade”...

o_que_Deus_quer_de_nos

Duas pessoas querem seguir a Jesus: um escriba, que é um entendido da lei e da religião judaica, e um discípulo. Provavelmente eles tenham ficado entusiasmados com os milagres e curas que viram e desejam estar sempre ao lado de Jesus. O primeiro diz: “Mestre, eu te seguirei por onde quer que fores”(Mt 8:19).

Veja que ele está afirmando que irá seguir a Jesus, e não perguntando se pode segui-lo. Também não está expressando um desejo do tipo “Quero te seguir”. Não, ele está dizendo “Eu te seguirei por onde quer que fores”(Mt 8:19). Não seria isso excesso de autoconfiança? Creio que sim. Considerando que nunca mais ouvimos ouvir falar desse escriba nos evangelhos, é provável que toda aquela disposição tenha morrido literalmente na praia. Sim, eles estavam à beira do Mar da Galileia.

A autoconfiança é muito valorizada em nossa sociedade, mas Deus abomina tal comportamento por trazer em seu bojo coisas como independência, autossuficiência e vontade própria. No capítulo 15 do Evangelho de João, Jesus diz: “Sem mim vocês não podem fazer coisa alguma”e o apóstolo Paulo acrescenta: “É Deus quem efetua em vocês tanto o querer quanto o realizar, de acordo com a boa vontade dele”(Jo 15:5; Fp 2:13). Portanto, nas coisas de Deus, tudo o que começa com “auto”está fora: autoconfiança, autodeterminação, autoajuda, autossuficiência, e por aí vai.

Jesus mostra ao escriba que ele não tem ideia do que está pedindo. Seguir a Jesus é despachar a bagagem para o céu e viver aqui na expectativa do embarque. As raposas podiam ter sua toca e as aves os seus ninhos, mas para Jesus este mundo não é uma morada definitiva e nem um lugar de descanso. Tampouco é este o destino final do cristão ou um lugar para se acomodar.

O outro homem quer seguir a Jesus, mas tem outra prioridade. “Senhor, deixa-me ir primeiro sepultar meu pai”(Mt 8:21).Seu problema está na prioridade, na palavra “primeiro”. Jesus pede que o discípulo o siga e deixe os mortos sepultarem os mortos. Além da lição sobre prioridades ele ensina outra coisa: neste mundo há duas classes de pessoas, as que estão ocupadas com Jesus, aquele que dá vida, e as que se ocupam com as coisas mortas.

Qual destes dois homens é você? O escriba autoconfiante que espera uma vida fácil seguindo a Jesus, ou o homem cuja prioridade é outra e não Jesus? As intenções podem ser boas, mas é preciso entender que Jesus deve ser o começo, meio e fim da vida do cristão. Deve ser o motivo e o objetivo. Não é com autoconfiança que você segue a Jesus, mas com a confiança que vem do alto. Caso contrário, basta vir uma tempestade e…

Por Mario Persona – site Leia a Bíblia

Pela cruz de cristo, Maristela Guimarães

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Os aventureiros de Deus...

humilde 

Aquele que leva a preciosa semente, andando e chorando, voltará, sem dúvida, com alegria, trazendo consigo os seus molhos. Salmo 126.6

O chamado é algo sublime. O chamado é incontestável... o chamado é intransferível e inegociável. Porém, mais importante que o chamado é a obediência exata à vontade daquele que o chamou. Resiliência é a palavra chave! A habilidade que uma pessoa desenvolve para resistir, lidar e reagir de modo positivo em situações adversas.  Pregar a Palavra é semear com lágrimas, com dor, com dificuldade, com fadiga e cansaço... somente um escolhido com a alma aventureira enfrenta a lida e enquanto trabalha, vai sendo trabalhado por Deus.

Aqueles que não permitem que Deus trabalhe neles, nunca podem trabalhar para Ele. Watchman Nee

Eu me lembro quando recebi a convocação do Espírito Santo... eu sei bem as dificuldades que apresentei quando obstinadamente, Ele me cobrou obediência. E eu sei, ah, eu sei o que Ele fez para me colocar no caminho da vontade de Deus. Ele trabalhou em mim... e ainda trabalha.  Uma oração que cabe aos aventureiros de Deus...

...’’Sonda-me, senhor
E me conheces
Quebranta o meu coração
Transforma-me conforme a tua palavra
E enche-me até que em mim
Se ache só a ti, então

Usa-me, senhor
Usa-me

Como um farol que brilha à noite
Como ponte sobre as águas
Como abrigo no deserto
Como flecha que acerta o alvo
Eu quero ser usado da maneira que te agrade
Em qualquer hora e em qualquer lugar
Eis aqui a minha vida...’’

Não importa se o caminho é cheio de empecilhos... se as pessoas são difíceis, se os recursos são mínimos. Deus vai abrir portas, sacudir bolsos e transformar corações. Haverá retorno... é a promessa!! ‘’...voltará, sem dúvida, com alegria, trazendo consigo os seus molhos.” Deus não nos deixará de mãos vazias.  Quando damos um passo em direção à vontade de Deus o céu vem com força sobre nós e nos favorece!

Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.

Deus quer aplaudir tua chegada!!!

10858061_772075819507993_2333378272239887207_n

Se estás a procura do seu paraíso particular, não é impossível encontrá-lo. Deus oferece companhia, renova o entusiasmo, e será o descanso nos momentos de desgastaste. Se por causa da distância dos seus ideais, te encontrares abatido, Seu doce Espírito, virá encorajá-lo a não desistir e voar outra vez. Se cair, Ele o ajudará a levantar após a queda, retornar a estrada abandonada, redescobrir o seu verdadeiro valor, acordar talentos adormecidos, e desenterrar a esperança para abrir asas encolhidas e voar seu voo mais deslumbrante. Deus quer aplaudir tua chegada! Silmar Coelho

Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

EU SÓ TENHO A TI - Douglas Balmant e Helena Tannure (Clipe Oficial)







♪♫ "Jesus eu só tenho a Ti. Esperança para mim,

Se estou triste minha fé esta em ti.

Tua mão sustenta os céus, e sustenta o meu viver.

Teu amor me guiará até o fim."♪♫


Minha riqueza...

Meu único tesouro...

Meu Jesus!!!

Pela cruz d Cristo, Maristela Guimarães.

sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Esvaziando gavetas...

esvaziando gavetas

Nesta última semana do ano é comum nos impormos certas reflexões. Tempo de recordar o que se passou, avaliar as decisões e suas consequências e sonhar com o novo!

Acho que a virada do ano tem um efeito psicológico fantástico em todos nós!

No rito da passagem deixamos para trás as dores, decepções e frustrações. Viramos a página na ânsia de ter pela frente novas historias.

Particularmente pra mim, também é tempo de faxina. Arrumar gavetas, reorganizar armários, descartar o que está apenas ocupando lugar sem uso ou utilidade e todas as vezes que estou neste processo, faço uma associação natural com a faxina da alma.

Nas gavetinhas do nosso coração acabamos guardando desânimo, ressentimentos, uma palavra mal dita, rejeições, raiva e, definitivamente, a limpeza precisa ser feita. 

Tais coisas embaraçam o nosso caminho nos impedindo de viver usufruindo a vida abundante que nos foi conquistada na cruz.

Quando escuto as palavras de Jesus: “Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância”, três outras palavras me ocorrem imediatamente: PAZ, ALEGRIA e PROPÓSITO.

Paz e alegria são óbvias, todo ser humano deseja! Mas Jesus veio fazer mais. Ele veio para nos conceder paz e alegria independente das circunstâncias. É para este lugar que o mestre quer nos levar, a liberdade absoluta de pertencer a Ele na certeza de que Ele nos capacita como a única fonte.

E o propósito? Porque nascemos? Para quê existimos?

Quando descobrimos qual a nossa vocação em Deus, nossa jornada se torna livre dos tropeços da competição e do sentimento de inferioridade que aprisiona milhares em nosso século. 

Há um lugar, no centro da vontade de Deus, feito pra você. Peça ao Senhor para te conduzir a este lugar. 

Que o Mestre seja sua única fonte, afinal, Ele mesmo nos prometeu: “Aquele que beber da água que Eu lhe der nunca terá sede, porque a água que Eu lhe der se fará nele uma fonte de água a jorrar para a vida eterna.”

Feliz Ano Novo, com paz, alegria e propósito!

Helena Tannure.

Li, gostei, postei!

Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.

quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Graça, unção e serviço...

blog2015Primeira palavra que me veio à mente nesses primeiros minutos... GRAÇA. Como disse Gary Chapman: "Não podemos mudar tudo, mas podemos abandonar o que é errado." Precisamos desse entendimento que  o Espírito Santo me trouxe. Não carregue para 2015 as coisas erradas de 2014. Deixe a luz da graça de Deus iluminar as partes escuras de sua vida. Tire de lá o que não convém, o que Deus não deu e o que não é para seu futuro. Se a porta de 2014 se fechou a de 2015... Deus escancarou!!! não traga pro lado de cá o que Deus não colocou do lado de lá! Sim ,não traga para 2015 o que você insistiu em manter, mas que não está confirmado pelas mãos de Deus. Isso é muito sério! O que não combina com a proposta de Deus pra você deve ficar no passado. Sirva-se das proposta de Deus para sua vida! “Ao anjo da igreja em Filadélfia escreve: “Assim declara Aquele que é santo e verdadeiro, que possui a chave de Davi. O que Ele abre ninguém consegue fechar, e o que Ele fecha ninguém pode abrir: Conheço as tuas obras. Eis que tenho colocado diante de ti uma porta aberta que ninguém consegue fechar; tens pouca força, mas obedeceste à minha Palavra e não negaste o meu Nome.” Apocalipse 3.8 Hoje, parece-me que essas palavras vieram diretamente pra mim. Uma porta aberta que eu tentei fechar por várias vezes... mas Deus não fecha! O que fazer? Dura coisa é recalcitrares contra os aguilhões” (Atos 26:14). O melhor mesmo é apossar-se  da graça!! Quem tem graça pra viver, vê a graça de Deus em tudo e se alimenta dela. Para isso é preciso da UNÇÃO. Palavra do pastor Chinelato, ainda ontem, no twitter: “Assim como a unção de ontem não serve para hoje, o mal de 2014, já não mais existe. Exercite a fé para Deus realizar seus sonhos em 2015.” Então,  UNÇAO RENOVADA é o segredo para 2015. “MAS TU EXALTAS O MEU PODER, COMO O BOI SELVAGEM, DERRAMAS SOBRE MIM O ÓLEO FRESCO” SALMOS 92:10 Davi Compara o seu poder, exaltado por Deus, com a força de um boi selvagem. Em Israel o boi selvagem era o animal conhecido como o de mais força...  isso explica a comparação. Deus não só estará com você como também te dará condição de fazer tudo o que Ele mesmo já planejou. Peça ao Senhor para te ungir, como a Davi... E para completar, SERVIR é a chave do sucesso. Palavras de Max nessa manhã: "O mundo precisa de servos. Pessoas como Jesus, que não veio para ser servido, mas para servir." Ser útil deve ser nosso desejo final. Cada atitude, cada gesto, cada realização não deve ter um fim em si mesmo... precisa abraçar algo maior, mais intenso. Que valor terá sua vida amor23aqui se não for para compartilha-la com outras pessoas? No finalzinho de 2015, Deus me fez ler Jeremias 7. Depois de toda meditação, minha mente, levada pelo Espírito, concluiu: Somos tantos, tantas igrejas, tantos projetos e tantas missões... e corremos o risco de sermos tão poucos no céu. Aquilo mexeu “tanto” comigo. Fiquei pensando: onde está o erro? Ao sentar no banco da igreja naquele mesmo dia Deus continuou falando... parecia um eco: RELIGIOSIDADE. Tudo o que em casa Deus me falou no púlpito, ele simplesmente, confirmou. Deus quer pessoas que sirvam o reino dos céus servindo uns aos outros. Deus quer pessoas comprometidas com a mensagem de salvação e não com um templo, líderes etc. Deus quer vida e não morte espiritual. Deus quer espiritualidade... não religiosidade.
Pense: Você tem a graça, pode ser ungido a qualquer momento... não perca a oportunidade de ser útil a uma causa maior: O Reino de Deus. Deus abençoe seu ano... com graça, unção e serviço.
Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.

KOYNONIA - DESTAQUES DO MÊS

Deus pensou em você!





Deus pensou em você!
Na manhã de hoje...Deus pensou em você. Não diferente de ontem, precisamente ele calculou todos os riscos possíveis, que você correria neste dia, sem a intervenção dele em sua vida.
Pensou em que circunstâncias Ele teria que atuar a seu favor e através de você, com a legítima vontade de lhe abençoar.
Programou sua agenda de forma que seus sonhos se realizassem e suas expectativas fossem atingidas. Porém, observou que partes do dia ,várias vezes, (onde lhe deu liberdade de ação )você teve oportunidade de pedir ajuda e não o fez...e então conclui que por mais bem ele o fizesse e por mais bênçãos o desse, ainda assim,partes de suas escolhas seriam sem consultá-lo. Que pena! Sofrimentos poderiam ter sido evitados, dores não sentidas, frustrações não ocorridas e derrotas não vivenciadas. Porém, só assim você entendeu, já no finalzinho do dia, que era mais sensato e inteligente e bem menos dolorido, ter dito: Pai, me ajude... Mas amanhã é outro dia e tudo pode ser diferente. Já é tarde, Ele continua a te proteger e esperar a tua manifestação de filho. Seja sensato e não vá pra cama sem falar com Deus .Uma oração por menor que seja, poderá fazer uma grande diferença em sua vida.
"Que Ele cresça e que você diminua..."
(parafraseando- João Batista)
Deus te abençoe!
Pela cruz de Cristo,Maristela Guimarães.