Perdoar é também obedecer...


Senhor, quantas vezes deverei perdoar o meu irmão quando ele pecar contra mim? Até sete vezes? Mateus 18.21

A lei judaica estipulava que as pessoas ofendidas perdoassem três vezes. Pedro estava disposto a dobrar a conta e ainda adicionar mais um perdão. Não havia dúvida:  ele achava que Jesus ficaria impressionado. Só que isso não aconteceu. A resposta do Mestre até hoje nos espanta: "Eu lhe digo: Não até sete, mas até setenta vezes sete." 
Se você deu uma paradinha na leitura para multiplicar setenta vezes sete, é sinal de que não entendeu direitinho. Jesus está dizendo que estabelecer parâmetros para seu perdão é não ser misericordioso. ( Max Lucado)

Talvez, não atentamos para a importância legítima do perdão: obedecer. Perdoamos por obediência, também... porque queremos nos parecer ainda mais com o Senhor Jesus. E Ele foi obediente até a morte... e morte de cruz. Cada passo de Cristo  até a cruz, era por obediência...  
A cruz é o sinal!!  
Por amor, obedecemos... por obediência, perdoamos! E por parecermos com Cristo, exercemos a misericórdia.

Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

QUANDO DEUS NOS LEVA PARA O DESERTO...

Passemos para o outro lado... mudança de nível.

O agir de Lapidote...