Interpretando a vida... José do Egito.

 

O olhar

Os sinais que Deus nos permite observar para revelação de sua vontade...

Olhando José... sua decepção por ser traído covardemente pelos próprios irmãos. Sua respiração ofegante depois de ser capturado, vendido e escravizado. Seu olhar de medo e desespero pelo desconhecido. Sua aflição e angústia pela separação abrupta dos que amava. Sua prisão, visão e exaltação pelo rei. Sua fuga e queda... seu sucesso. Altos e baixos. Mas no fim uma afirmação característico de quem soube capturar o mínimo da soberania de Deus: “Deus tornou o mal em bem”! Gn 50.20

José... mais que interpretar sonhos, ele soube interpretar a vida!

Ainda pensando com Agostinho... “Pois o Deus Todo-Poderoso, por ser soberanamente bom, nunca deixaria qualquer mal existir nas suas obras se não fosse bastante poderoso e bom para fazer resultar o bem do próprio mal.”

Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

QUANDO DEUS NOS LEVA PARA O DESERTO...

Passemos para o outro lado... mudança de nível.

Dois principais erros na vida cristã...