Sob os cuidados de Deus...

Sabe, aquele dia que a febre, dor no corpo e outras coisas te pegam de jeito... o jeito é cama, edredom e cuidados. No meu caso, estou literalmente, sob os cuidados de Deus. Para esse dia, talvez você pense em um texto bíblico de consolo porém, para mim, o texto foi, Salmo 62:

A minha alma descansa somente em Deus; dele vem a minha salvação.
Somente ele é a rocha que me salva; ele é a minha torre segura! Jamais serei abalado!
Salmos 62:1,2


Veja bem, Deus tem me orientado nesse tempo, que o livro de Salmos não é só um livro de louvores simplesmente... é um livro de batalhas travadas com o inferno e um livro que descreve fortes e grandes livramentos. Cada salmo escrito sugere um nível de guerra fora de um contexto, meramente, humano. Eu diria, que 90 % desses escritos orienta-nos sobre comportamentos diante das ciladas. Sim, são experiências de um guerreiro nato, Davi. Tanto, que não construiu o templo que desejou para culto a Deus mas, Salomão. Davi expressa em seus momentos de louvor a forma como Deus o acolheu em cada circunstância. Então, especialmente, aqui, no 62, ele dá uma dica um pouco difícil de seguir porém, funcional!
A minha alma descansa... como manter-se descansado em lutas? Davi sabia que seu braço não o serviria de nada. Que suas armas menos ainda... e que seu exército era falho, humano.  

Descanse somente em Deus, ó minha alma; dele vem a minha esperança.
Somente ele é a rocha que me salva; ele é a minha torre alta! Não serei abalado!
A minha salvação e a minha honra de Deus dependem; ele é a minha rocha firme, o meu refúgio.
Salmos 62:5-7

Nem para mantermos nossa própria honra, servimos. Dependemos de Deus... é um fato. 

Confiem nele em todos os momentos, ó povo; derramem diante dele o coração, pois ele é o nosso refúgio.
Salmos 62:8

Nesse versículo a Bíblia NVI, sugere pausa... a pausa na música é para respirar, e voltar com um folego novo e forte.  Gosto dessa sugestão, nas batalhas.... precisamos também de uma pausa. De recuperarmos a força, recobramos o animo e voltarmos com tudo. 

E então, dá uma dica que serve para todos: Não confie nas pessoas, nem espere algo delas. Também, não se garanta em riquezas, ou em si mesmo...
Uma vez Deus falou, duas vezes eu ouvi, que o poder pertence a Deus.
Contigo também, Senhor, está a fidelidade. É certo que retribuirás a cada um conforme o seu procedimento
Salmos 62:11,12


Davi ouvia Deus... essa, era a razão dele confiar cegamente em Deus, esperar o melhor de Deus e descansar em Deus. 

E aí, estamos ouvindo Deus?

Uma certeza... Cada um receberá segundo aquilo que faz!
Que Deus tremendo, não?
Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

QUANDO DEUS NOS LEVA PARA O DESERTO...

Passemos para o outro lado... mudança de nível.

O agir de Lapidote...