Quando a bondade de Deus nos inspira...

deus-e-um-deus-de-amor

‘’Dai graças ao Senhor, porque ele é bom; porque a sua benignidade dura para sempre. ’’ (Salmos 136:1)

Algo que é bastante saudável e nutritivo espiritualmente é pensar na bondade de Deus. Tirar algum tempo nessa correria insana para admirá-Lo pela Sua grande misericórdia, meditar sobre Seu divino amor… É realmente inspirador. Instantaneamente sentimos um ‘’impulso’’ motivador, que nos instiga a participar de tudo isso, desse amor, humilharmo-nos diante desta misericórdia, deleitarmo-nos admirando-O. É extremamente agradável concentrar-se em Deus, e permitir que Ele preencha qualquer lacuna em nossas almas. Poder conversar com Deus a qualquer instante e sentí-Lo como um verdadeiro amigo, ou melhor – O melhor amigo. Nele habita a verdade e toda a santidade.

Quando nos dispomos a desfazer-nos de nosso velho eu e dizer ‘’eis-me aqui’’ a Jesus, passamos a enxergar cada dia como uma dádiva. Isto porque já não dependemos mais de nós mesmos, não estamos mais no controle. E cá para nós, essa coisa de controle não combina conosco. Não na área que só Deus pode controlar. E para falar a verdade, Ele deve controlar todas as áreas, afinal, Ele é O Criador delas. Se em alguma está faltando Deus, esta poderá afetar a outra, e assim sucessivamente.

Só O Criador divino sabe como vivificar suas criaturas. E uma parte incentivante disso tudo é que sabemos que Ele nos dá as ferramentas das quais precisamos para tornamo-nos como Ele quer que sejamos. Jesus nos capacita, pois Ele sabe que nEle somos capazes. Não podemos ficar de braços cruzados esperando que algo aconteça repentinamente. Este algo, ou seja, o estímulo maior, já veio, caminhou por esta Terra pregando o Seu Evangelho e deu-nos o exemplo perfeito, diga-se de passagem, de como devemos ser, fazer e agir.

Logo, já sabemos o que devemos fazer, já temos as ferramentas, e tudo o que precisamos para viver para e por Jesus. Este deve ser o motivo de nossas vidas, e todas as outras coisas que pretendemos, exercemos, enfim, fazemos, devem ser ramificações de nosso amor por Cristo. Quando amamos a Jesus em primeiro lugar, Ele molda os nossos corações para que passemos a amar e compreender o nosso próximo.

É incrível como este amor é contagiante! Mas, o que poderia esperar de um amor infinito como este? É a fonte perfeita, através dos quais fomos criados e salvos! Pode ser que seja bastante árduo desligarmo-nos deste mundo e de suas delícias, e isto acontece principalmente por deixarmos nossas almas aos cuidados do mundo. Nossas almas são dádivas divinas, solos onde a Palavra de Deus deve ser plantada e dar frutos (Mateus 13:1-23). Como é bom poder enxergar esta esperança proporcionada pela aliança que Deus fez conosco através de Jesus! (Hebreus 7:22). É uma benção saber que estamos aqui, mas não somos daqui! Há um lugar aonde nossos espíritos viverão livres eternamente em Cristo Jesus – O Céu.

É maravilhoso poder desfrutar da pura sabedoria do Mestre! Louvado seja! Vivamos o hoje para que possamos viver o amor de Cristo num momento chamado sempre. Vivamos então uma vida que contraste com tudo o que for produto deste mundo, mantendo em mente a sabedoria revelada pelas Escrituras. Eu me sinto tão profundamente entusiasmada, crente e feliz pela bondade de Deus, pois ela é eterna. Eu quero cantar louvores ao Seu nome, e exaltá-Lo. Carrego esta ânsia no âmago da minha alma.

Pretendo viver para adorá-Lo, pois não há valor em mais nada. Ciente de que sou falha, adoro-o até mesmo por causa disto uma vez que Seu poder é manifestado transformando-me todos os dias na mulher de Deus que Ele quer que eu seja. Deleito-me no fato de que posso me humilhar aos seus pés e dizer que sem Ele não posso existir. Espero que você, caro leitor, sinta o estímulo espiritual concedido por Cristo! Ele é maravilhoso e compartilha com você a Salvação. Ele é pleno e glorificado eternamente. Que todas as nossas adorações voltem-se a uma só direção: Jesus Cristo. Só Ele é digno. Não adianta tentarmos encontrar a dignidade dEle em outro lugar, isto é pura perda de tempo. Adoremos a Deus, aprendamos com O Mestre, busquemos ao Senhor!

Que Jesus Cristo abençoe a todos.

Agraciada e agradecida pela inspiração do Espírito Santo,

Esther Moore – site Leia a Bíblia

Li, gostei e postei.

Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

QUANDO DEUS NOS LEVA PARA O DESERTO...

Passemos para o outro lado... mudança de nível.

O agir de Lapidote...