Quando a inspiração acompanha a visão...

mensagens_bíblicas-18505

A paciência não tem nada a ver com indiferença; a paciência dá-nos a ideia de alguém muito forte e seguro que resiste a todos os embates e atentados interiores. A fonte que alimenta essa paciência é a visão de Deus, porque transmite inspiração interior. Moisés resistiu não porque tivesse um ideal de justiça e de dever para cumprir, mas, porque obtivera uma visão de Deus. Ele "permaneceu firme como quem vê aquele que é invisível", Heb.11.27. O homem que obtém uma visão de Deus não se dedica a uma causa ou a outra questão qualquer; dedica-se ao próprio Deus. É sempre possível saber quando a visão é de Deus por causa da inspiração que a acompanha; as experiências da vida passam a ter grandeza e importância, porque tudo é vivificado em Deus. Se Deus o submeter a um período de tentação e provação no deserto - como fez com Seu próprio Filho, que esteve num deserto real - durante o qual não lhe falar uma palavra sequer, resista; e a força para resistir está ali porque você tem uma visão de Deus vivendo dentro de si. A prova de que temos uma visão é que estamos buscando algo muito para além do que já alcançamos. Se o que temos é o que experimentamos apenas, nada temos na verdade; mas, se o que temos é a inspiração daquela visão de Deus, já temos mais do que podemos experimentar. ( fonte – Tudo para Ele)

Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

QUANDO DEUS NOS LEVA PARA O DESERTO...

Passemos para o outro lado... mudança de nível.

O agir de Lapidote...