Vá indo... mas, vai mudando!



Tem gente de tudo que é jeito...
Tem gente sem jeito e tem gente de qualquer jeito.
Ninguém é igual a ninguém!  Eu tenho um jeito que é só meu, bem peculiar, quando seguro uma caneta, por exemplo, aperto tanto, que o meu dedo já ficou torto. Outra coisa bem pessoal é silenciar-me. Posso estar em meio a multidão, que de repente me calo, e assim vou longe em pensamentos. Tem coisas em nós que são suportáveis, já tem outras que são virtudes e algumas, aquelas que não gostamos de lembrar... que precisam de ajustes, correções e até mudanças! Deus não muda cenários. Ele muda pessoas. Pessoas mudadas, mudam cenários... Penso que muitas pessoas, inclusive eu,  passam por fases  na vida que poderiam ser evitadas se ao invés de esperar mudanças exteriores, passassem por mudanças no interior. Por exemplo: tem gente que não para em emprego e sempre o problema é o outro, nunca ele. Outras, nunca se satisfazem com o que tem porque o seu interior é vazio. Alguns amam tanto, tantas vezes, todo mundo e acaba não ficando com  ninguém, pois na verdade nunca amou, só não queria ficar sozinho... E assim segue. O grande problema é que não aceitamos mudar.  Resistimos, pois sabemos que isso exige muito de nós. Mudança dói e provoca medo. Tudo que é novo traz medo. Mas, se não mudarmos seremos repetitivos nos nossos erros e defeitos.  
 Se  entendermos que quanto mais os anos passam, mais passado temos e menos futuro...  então, o melhor é mudar!

Boa mudança!

Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

QUANDO DEUS NOS LEVA PARA O DESERTO...

Passemos para o outro lado... mudança de nível.

O agir de Lapidote...