O amparo do amor...

 “Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine.” (1 Coríntios 13:1)

Você tem noção do quanto o amor faz bem?  Pense numa vida solitária do nascimento à morte e sendo esta, bem tardia. Alguém caminhando, trabalhando, dormindo e acordando sem sentir, nunca, aquele frio na barriga, mãos geladas, imaginação à solta e uma incansável esperança... Pobre mortal! Mesmo o amor não sendo correspondido, ainda assim, nos faz um bem enorme. Imagine então, quando o é! O amor nos acorda para a vida. Qualquer tipo de amor é um bem supremo. 

 “E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.” (1 Coríntios 13:3)


O amor é um amparo... seja até o de um animal. Um labrador, por exemplo, é um devoto cão familiar. O amor põe valor no que fazemos. Uma criança, em seus dois a três anos é capaz de escrever cartas e desenhos enigmáticos com tanto amor... que os guardamos, as vezes, pelo resto da vida. O amor é poderoso...  capaz de despertar sorrisos em um paciente terminal. Eu vi isso acontecer bem de perto!  Ah, o amor cura, liberta. O amor é uma saudação do próprio Deus a humanidade... "Sejam bem vindos à vida!" 

“O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha. Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor. O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.” (1 Coríntios 13:4-7)
Ouça sininhos... é o amor!! Acreditar no inacreditável!Esperar o inesperável! Suportar o insuportável!Um verdadeiro amparo, o amor! 
Ame... pois o amor é eterno. 
 “Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor.” (1 Coríntios 13:13)
 Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

QUANDO DEUS NOS LEVA PARA O DESERTO...

Passemos para o outro lado... mudança de nível.

O agir de Lapidote...