Sou Maria, não sou Marta!

coração disponível!

(Lucas 10:38-42), registra:

Jesus não é para entender...  é para adorar. Nós temos nossas responsabilidades e também nossas necessidades. Sábio é quando sabemos fazer a diferença... Maria soube. Diante da responsabilidade, ela optou pela necessidade. Até porque responsabilidades doméstica podem esperar, agora Jesus, não!

Maria adora enquanto Marta, trabalha. Maria ora enquanto Marta, lamenta. Maria aprende enquanto Marta, murmura. Maria escolheu a melhor parte... e Jesus soube reconhecer isso! Nos dias de hoje somos levadas a ser “Marta”. O dia-a-dia nos toma, nos consome, nos cobra ao ponto de esquecermos que somos “Maria”. O tempo nos leva à fadiga... as tarefas acumuladas e as responsabilidades grandes nos roubando o melhor da vida que é a presença de Jesus em nossa casa, na nossa adoração. Jesus tem sido mais visitante que habitante do nosso lar. Eu fui gerada, tenho convicção, para ser Maria e todos os compromissos assumidos me roubam o melhor... às vezes me pego fazendo coisas que não quero, mas que preciso. E tudo que gostaria era estar aos pés de Jesus, adorando-o, amando-o, servindo-o e aprendendo com Ele. é assim q quero te adorar

Não sou Marta! Definitivamente, não! E isso gera um desconforto enorme em mim... meu coração está disponível, mas minhas mãos, meus pés, minha mente estão comprometidos com muitas outras coisas. Nós mulheres sofremos com isso muito mais que os homens. São cobranças íntimas, já de nossa própria  natureza.. o que fazer?

Alguns dias atrás estava conversando com minha irmãe, sobre isso. Ela me dizia estar com muita dificuldade em conciliar casa,igreja, família e seu momento mais sublime de todos: sua adoração particular. E aí, a saída... orar para aprender a desenvolver todas essas coisas com muita sabedoria de forma a não comprometer o bem maior, a adoração ao Senhor. Somos Maria e nunca podemos deixar a melhor parte... quando isso não acontece, não caminhamos! Rastejamos e saímos mancando de nossas tarefas sem sermos abençoadas. Eu tenho Maria no meu nome e isso pra mim é mais que um aviso... é uma marca, uma seta me indicando o caminho da adoração. Eu não posso de maneira nenhuma me perder no caminho... e você?

Pela cruz de Cristo, (MARIA)stela Guimarães.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

QUANDO DEUS NOS LEVA PARA O DESERTO...

Passemos para o outro lado... mudança de nível.

O agir de Lapidote...