Meu clamor... Samuel.

EnzoVisita o deserto da minha alma, ó Senhor...

Vê a terra seca e estéril que eu sou...

Contempla minha dor

Ouve o meu clamor

Traz meu Samuel, Samuel...

Eu choro por meu Samuel

Eu clamo por meu Samuel

Eu peço por meu Samuel...

Samuellll

Minhas mãos estão vazias

Não tenho semente pra lançar

Minhas mãos estão vazias

Não tenho herança pra deixar

A quem ensinarei seus mandamentos?

Pra quem passarei seus grandes feitos?

Onde estará meu Samuel?

Deus está gerando meu Samuel...

Eu clamo por meu Samuel, eu choro por meu Samuel, eu oro por meu Samuel... Samuel.

Meu clamor... Samuel.

( Baseado na vida de Ana, mãe de Samuel, o profeta.)

Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

QUANDO DEUS NOS LEVA PARA O DESERTO...

Passemos para o outro lado... mudança de nível.

O agir de Lapidote...