KOYNONIA-KOYNONIA-KOYNONIA-KOYNONIA-KOYNONIA-KOYNONIA

KOYNONIA - IRMÃO - KOYNONIA - UNIÃO - KOYNONIA - COMUNHÃO - KOYNONIA - UNIÃO - KOYNONIA - IRMÃO - KOYNONIA -

quarta-feira, 8 de abril de 2015

Quando a alma recusa ser consolada...

MARISTELA 18

Elevo a Deus a minha voz e clamo, elevo a Deus a minha voz, para que me atenda. No dia da minha angústia, procuro o Senhor; erguem-se as minhas mãos durante a noite e não se cansam; a minha alma recusa consolar-se. Lembro-me de Deus e passo a gemer; medito, e me desfalece o espírito. Não me deixas pregar os olhos; tão perturbado estou, que nem posso falar. Salmo 77. 1-4

Quando foi a última vez que se sentiu assim? Um momento de loucura quem nunca teve? Surtou, pensei! O salmista surtouuu... mas eu também. Quando os problemas vêm em proporção gigantescas, nós não conseguimos ver o bem, a solução, a resposta, a mão de Deus. Mesmo que seja por segundos, isso acontece. Nossa alma rende-se ao desespero e se nega ser consolada. Esse salmo é de Asafe, um músico...  sente as coisas com bem mais desespero. Ele se compara a uma pessoa abandonada, sem ninguém, doente e apelando por socorro. A sensação de solidão é nítida no texto. Ele se sente tão preocupado que tem insônia. Ele não vê os sinais da graça de Deus. Não vê realizar as promessas recebidas e não percebe as misericórdias e benignidades do Senhor. Chega ao cúmulo de pensar que Deus o deixou, que já não é mais o mesmo. Porém como num salto, sua alma sai do desespero para a fé. Ela progride em meio a tormenta...  a loucura, o surto como uma nuvem negra vai se dissipando e aos poucos, começa a lembrar dos atos de Deus e dos seus prodígios. Recordações espirituais... ninguém supera o trágico sem elas. Eu sei bem disso! Cada decepção, cada frustração, cada dor e perda... levo minha mente à lembrança de como Deus é bom! “Quero trazer à memória aquilo que me dá esperança.” Nesse ponto eu me rendo e adoro... a nuvem negra vai e o sol da justiça alegra minha alma. É, momentos como o de Asafe todos temos... mas, cultive em seu jardim a árvore das recordações. Ela alimentará sua alma e seus lábios cantarão:

“Teus olhos revelam que eu
Nada posso esconder
Que não sou nada sem ti, fiel senhor
Tudo sabes de mim,
Quando sondas o meu coração
Sei que tudo podes ver, bem dentro de mim
Leva minha vida, a uma só verdade
Que quando me sondas, nada posso ocultar

Sei, que a tua fidelidade
Leva a minha vida mais além
Do que eu possa imaginar
Sei e não posso negar
Que os teus olhos sobre mim
Me enchem da tua paz”

Leia o texto todo em sua Bíblia.... veja o bem que Asafe achou em Deus.

Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.

Nenhum comentário:

KOYNONIA - DESTAQUES DO MÊS

Deus pensou em você!





Deus pensou em você!
Na manhã de hoje...Deus pensou em você. Não diferente de ontem, precisamente ele calculou todos os riscos possíveis, que você correria neste dia, sem a intervenção dele em sua vida.
Pensou em que circunstâncias Ele teria que atuar a seu favor e através de você, com a legítima vontade de lhe abençoar.
Programou sua agenda de forma que seus sonhos se realizassem e suas expectativas fossem atingidas. Porém, observou que partes do dia ,várias vezes, (onde lhe deu liberdade de ação )você teve oportunidade de pedir ajuda e não o fez...e então conclui que por mais bem ele o fizesse e por mais bênçãos o desse, ainda assim,partes de suas escolhas seriam sem consultá-lo. Que pena! Sofrimentos poderiam ter sido evitados, dores não sentidas, frustrações não ocorridas e derrotas não vivenciadas. Porém, só assim você entendeu, já no finalzinho do dia, que era mais sensato e inteligente e bem menos dolorido, ter dito: Pai, me ajude... Mas amanhã é outro dia e tudo pode ser diferente. Já é tarde, Ele continua a te proteger e esperar a tua manifestação de filho. Seja sensato e não vá pra cama sem falar com Deus .Uma oração por menor que seja, poderá fazer uma grande diferença em sua vida.
"Que Ele cresça e que você diminua..."
(parafraseando- João Batista)
Deus te abençoe!
Pela cruz de Cristo,Maristela Guimarães.