O cuidado de Jesus para com o nosso coração...



Quem poderá trazer alguma acusação sobre os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica! Quem os condenará? Foi Cristo Jesus que morreu; e mais, Ele ressuscitou dentre os mortos e está à direita de Deus, e também intercede a nosso favor. (Rm 8.33,34)





O importante para o filho de Deus não é como ele morre mas, como ressuscita!

Existe um cuidado de Jesus conosco que ultrapassou a cruz e adentrou os portões celestiais. A bíblia fala que Jesus intercede por nós junto ao Pai. Alguns verbos no texto estão no passado... pois foi reflexo do ato de amor vicário. Outros, no presente, pois são atos de amor diário, junto ao Pai. São eles: Justifica, está e intercede. Todos os dias esses verbos são intensamente usados por Cristo. Diante de Jesus, ninguém poderá nos condenar... Ele nos justifica! Essa justificação é a forma como ele intercede por nós. Seria como: Eu, Maristela, cometi um delito e pequei... diante de Deus o meu pecado é exposto por satanás. Quando o maligno começa a apontar meu pecados eis que surge Jesus, ele entra em cena e grita: Ei, ela não!! Meu sangue escorreu por ela, minha carne foi mutilada por ela, morri e ressuscitei por ela... ela é minha!!!!

O Pai, na mesma hora joga no mar do esquecimento meus erros e iniquidades. E satanás sai derrotado mais uma vez! Toda minha culpa foi desconsiderada... se desfez por intermédio de Cristo.

Quando erramos, pecamos e nos entristecemos... com coração quebrantado fazemos aquelas copiosas orações de arrependimento. E Jesus nos perdoa! Mas, podemos como Pedro, sentirmos incapazes, insatisfeitos, imperdoáveis! Porém, existe o cuidado de Jesus para todo coração machucado pelo pecado. Vejamos como foi com Pedro e como pode ser conosco.

Pedro estava desorientado e resolveu pescar. Ele não foi sozinho... os coleguinhas de ministério foram com ele. Mas no coração de Pedro, era como se ele não fosse mais discípulo. Ele já não o considerava... Não foi à toa que Jesus, mandou um recado para ele: "

Agora ide, dizei aos discípulos dele e a Pedro que Ele está seguindo adiante de vós para a Galileia. Lá vós o vereis, assim como Ele vos predisse”. Marcos 16.7

Quando Pedro estava diante de Jesus, após ressurreição, ele tem a grande oportunidade de resolver esse conflito. Pastor Hernandes fala que Jesus constitui a cena do crime... pois o primeiro braseiro foi na negação, no pátio e o outro, esse que além de aquecer o corpo, assar o alimento, aquece a alma. Lá, no íntimo, considerações foram feitas. Imagino Jesus abraçando Pedro, tocando no ombro, e dizendo: Aí, Pedrão como você está? Que bom vê-lo outra vez! Venha, vamos conversar... e a bíblia relata um bate papo sentimental. As emoções de Pedro são tocadas... o coração de Pedro é afagado. A garganta de Pedro solta um "Eu te amo" bem envergonhado... por três vezes, ele tem a oportunidade de se corrigir perante o Mestre. Então, é lhe apontado um caminho, um ministério: "apascenta meus filhos". De volta ao clube, Pedro!

Eis aí como é conosco...

Jesus nos olha nos olhos...

Jesus nos convoca para um encontro...

Jesus aquece nosso coração...

Jesus nos aponta um caminho...uma nova oportunidade.


Não perca mais tempo! Não escolha pescar quando na verdade... você deveria orar!

Permita ser tratado, perdoado e convocado por Jesus.

depois então, vai pescar almas!




Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

QUANDO DEUS NOS LEVA PARA O DESERTO...

Passemos para o outro lado... mudança de nível.

Dois principais erros na vida cristã...