O joio, o lobo e o traficante de amigos...

amizade verdadeira
Na vida temos três fases distintas... A primeira é quando aprendemos a confiar em todos. Isso é possível, devido nossa dependência familiar, o que é muito natural. Em família aprendemos desde cedo a acreditar nas palavras, nos gestos, no olhar e sorriso... Quando a porta da vida se abre e o espaço se estende à rua da nossa casa, escola, igreja, trabalho... a gente se entrega. Descobrimos que o mundo é maior que nossa família e isso se torna tão bonito e instigante... nosso coração se abre e recebemos todo mundo que se aproxima. Somos tão nobres e tão inocentes! A amizade é o mais importante tesouro pra nós. As palavras de um amigo recente passam ter mais valor que as palavras de um pai e de uma mãe... Quem nunca viveu isso? Como isso é perigoso....
O segundo momento é aquele em que não confiamos mais em ninguém... desconfiamos até da nossa própria sombra! A fase inicial foi torturadamente substituída pela descrença, insegurança e desconfiança. Uma decepção ali, outra aqui e a coisa foi tomando uma proporção... E como isso é difícil. Como dói esse momento! Quantas vezes já não derramamos lágrimas por confiar demais, esperar demais, valorizar demais e amar demais? Fechamos a porta da nossa casa e a porta do nosso coração. Mas alguém pode sobreviver assim... sem amigos?
Pela misericórdia de Deus podemos viver a terceira fase.... nela aprendemos a separar o “joio do trigo”, a detectar o lobo e a identificar o traficante de amigos.... O joio é aquele que não serve pra ser amigo. Ele está no meio e só podemos enxergar depois de muito tempo e muita convivência... é um perigo! Ele sorri maliciosamente, promete mundos e fundos e sem que percebamos, vai tirando tudo o que temos até nos destruir... e ainda continua se dizendo amigo.
“Cuidado com quem sorri e pisca maliciosamente; essa pessoa está com más intenções.”( Pv. 16.31) 
O lobo é aquele que entra pra destruir amizades. Esse é o seu objetivo. Ele leva e traz, e como se não bastasse, manipula palavras e sentimentos. 
“Os maus provocam discussões, e quem fala mal dos outros separa os maiores amigos.” (Pv. 16:28) 
Pode ser que você se lembre de alguém assim...  E ainda tem o traficante de amigos. Esse é o maior inimigo que podemos ter. Ele te espreita e coloca pessoas dele em seu lado, em seu caminho e na esquina de sua casa. Essas pessoas tem uma única intenção: Tirar você do caminho de Deus e dos planos de Deus... Ele patrocina “falsos amigos” e propositalmente, faz tudo ficar melhor e mais interessante. Você nem percebe mas de repente, os outros amigos de verdade ficaram  para trás...
Felizes os cães, que pelo faro descobrem os amigos. Machado de Assis

É um fato: vez por outra, havemos de nos enganar com alguém. Mas isso não poderá servir de regra pra não tentarmos outra vez. Um amigo é algo extraordinário! Nunca será muito e nunca será de menos... Eu descobri, já faz um tempão , que Deus considera amizades e as tornam sagradas. Essa ideia me emociona até...

"Existem seis coisas que o Deus Eterno detesta, e a sétima ele abomina:                                     
O olhar orgulhoso,
A língua mentirosa,
Mãos que matam gente inocente,
A mente que faz planos perversos,
Pés que se apressam para fazer o mal,
A testemunha falsa que diz mentiras
E a pessoa que provoca brigas entre amigos."

Se você tem amizades... valorize, cultive e trate de protegê-las.
Amigos em família e amigos de família...
Irmão - amigo ou amigo - irmão...
Novos ou velhos... experientes ou não...

Obrigada, pela sua amizade!
Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.










Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

QUANDO DEUS NOS LEVA PARA O DESERTO...

Passemos para o outro lado... mudança de nível.

O agir de Lapidote...