O canivete do rei– ( Li, gostei,postei)

10565048_266421723550133_2574540625279652738_n

 

Quem não confessa tentação, confessa pecado. Quem não confessa fraqueza, confessa fracasso.” (Pr. Abe Huber)

No ano 605 a.C., Deus mandou que Jeremias escrevesse uma mensagem especial para o povo de Judá. Baruque ajudou o profeta, escrevendo tudo que ele ditou e levando a mensagem ao templo. Quando Baruque leu a mensagem ao povo, os príncipes de Judá ficaram atentos. Convidaram Baruque para ler o mesmo rolo a eles. Acharam a mensagem tão importante que foram falar com o rei, Jeoaquim. Ele, também, queria ouvir a mensagem do profeta.

O rei estava sentado na frente de um braseiro, se aquecendo num dia frio, quando ouviu a leitura das primeiras folhas do livro. A mensagem, que avisou das consequências do pecado do rei e do povo, não agradou a Jeoaquim. Ele pegou um canivete, cortou o rolo em pedacinhos, e o jogou no braseiro. Leia o relato completo em Jeremias 36.

Ainda, nos dias de hoje, há pessoas que fazem igual. Não gostando da mensagem que Deus enviou, a pessoa simplesmente a joga fora. Decide não ouvir a verdade porque não quer mudar a sua vida. Paulo disse que as pessoas que não amam a verdade e que querem justificar seus pecados serão enganadas pelos servos de Satanás (2 Tessalonicenses 2:10-12).

Contudo, a rejeição da palavra não faz com que ela desapareça. Deus mandou que Jeremias escrevesse outro rolo, contendo todas as palavras do primeiro e muitos outros semelhantes. O rei rebelde foi castigado por Deus.

Podemos rejeitar a palavra de Deus, mas ela permanece eternamente (1 Pedro 1:25). Todos os canivetes e todas os braseiros do mundo não são suficientes para apagar a mensagem divina que Deus tem revelado aos homens nas Escrituras. Apesar de todos os esforços humanos para destruir a palavra de Deus, “o firme fundamento de Deus permanece” (2 Timóteo 2:19).

Estudos da Bíblia – blog Leia a Bíblia@

Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

QUANDO DEUS NOS LEVA PARA O DESERTO...

Passemos para o outro lado... mudança de nível.

O agir de Lapidote...