Um amor que começa em Deus...

Duas vidas unidas por um só propósito...
Uma delas, Frances, nascida em 1916, viúva, divorciada e cheia de amor incondicional por Deus. Sua conversão se deu num leito de hospital. Com o coração pequeno e cheio de medo da cirurgia no olho esquerdo, em pânico, ela clamou a Deus por ajuda. Deitada, um dia antes, viveu o seu milagre... não, não foi na vista, mas na alma. Ao ler o salmo 23 para as enfermeiras, se mostrando espiritual , ainda que não fosse, ao se voltar para o texto descobriu as folhas em branco - apagadas. De repente, ela viu uma mão escrever as palavras "Frances Gardner, eu a amo" em vermelho ao longo de páginas em branco. Deus escrevera uma mensagem de amor pra ela... Tomada desse amor, gritou: " ... passarei o resto da minha vida buscando o que eu posso fazer por Ti, e não o que Tu podes fazer por mim." Logo depois, caminhou até o altar da igreja do pastor Slagle como uma "pecadora desconfortável", e entregou a sua vida para Deus. Seu trato com Deus: "Deus, eu te darei tudo de mim... em troca de tudo de Ti." E ela nunca invalidou seu compromisso. Seu testemunho era simplesmente " Quando Jesus entrou na minha vida, Ele abriu minha boca e eu nunca mais a fechei." Em dois anos escreveu um livro e não parou mais de pregar. A primeira mulher a palestrar na COG e na dependência do Espírito Santo falava a numerosas multidões...
Em outro lugar, um homem, viúvo e cheio de compromisso com Deus vivia uma vida simples e pacata... nascido no ano de 1920, tornou-se um contador de sucesso, casou -se com Jeanne, que veio a falecer depois de 27 anos de casados, por conta de um câncer de ovário. Ele, que no início de sua caminhada com Deus se sentia uma ameixa seca, sem vida, tornou-se cheio do Espírito Santo é ávido por servir ao Reino. Em sua mãos chegou o livro de Frances, God Is Fabulous. Ao ler o livro todo, determinou em seu coração encontrar aquela mulher de Deus. Ao se encontrar, numa das reuniões que ela ministrava, os dois sentiram a "eletricidade do Espírito Santo" fluindo entre eles. A conversa não teve fim... cartas de amor também não. Depois de seis semanas de correspondência, já havia certeza em seus corações quanto ao casamento. Devido aos compromissos, Frances pediu a Deus para revelá-la a data do matrimônio e confirmar com Charles. Ambos tiveram de Deus a confirmação das mesmas datas para o casamento... assim Charles lhe escreveu: " Sinto-me totalmente confiante de que sua resposta é também a mesma data exata e horario exato, por isso meu coração está quase saltando para fora de meu peito. Será na festa para o Senhor, na véspera do ano novo, à meia noite. " Em menos de um mês, casaram-se para a glória de Deus. Assim nasceu a dinâmica equipe ministerial de Charles e Frances Hunter.
" Nunca podemos olhar de modo egoísta para as nossas bênçãos quando o principal propósito de Deus em nos unir como parceiros é fazer uma colheita de almas para Ele e glorificá-lo por nossos serviços totalmente dedicado ao Senhor pelo resto de nossas vidas. UAU PARA DEUS! "( Uma história baseada no livro Generais de Deus)
Mais uma história que me inspira...
Eu creio no amor que começa em Deus. No amor baseado no que Deus quer. Um amor para o Reino...
Quando é Deus quem escreve a história de amor de seus filhos, há romance, há acordos, há propósito, há vida!
#eucreionoamorcomeçadoemDeus
Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A família não é uma instituição falida... falido é satanás!