Encontros de corações...

Hoje bem cedo me lembrei de uma amiga querida... muito querida. Desejei tumblr_mpjevqMoBG1rkwyk6o1_500colocar um observação na página dela, mas acabei me distraindo com outras coisas. Lá na casa dela, ela pensou em mim e decidiu me ver... Naquele momento nos encontramos no coração, na alma, na saudade e no desejo de estarmos juntas porém, no caminho... nos desencontramos.                                      O coração é uma casa em que a porta tem fechadura por dentro. Só o dono abre... e este, movido pelo sentimento que Deus colocou ali, às vezes tímido, atrapalhado ou simples e humilde... mas o amor funciona, sem peso e sem medida. Pessoas que amamos, não a amamos por alguma coisa que nos fizeram, nos prometeram... amamos porque simplesmente, amamos. Eu creio mesmo que Deus reserva pessoas e as colocam dentro de nós. Você pode até não estar ao lado, por perto o tempo todo...mas está lá, dentro do coração. É uma coisa que não se explica...                                                Deus une pessoas num amor perfeito e esse amor une perfeitamente todas as coisas. a-melhor-expressao-do-amor-e-o-tempo

Num propósito maior, que só Deus tem total conhecimento, Deus realiza alianças perfeitas na terra. Alianças são acordos, apegos de almas, corações e vontades.  Citarei duas claramente observadas na Bíblia, como exemplos. Uma delas, que me encanta, é aliança de uma amizade. Estou falando de Jesus e do apóstolo, João. Uma amizade verdadeira, cheia de expressão... João, era aquele companheiro de ministério, que amava Jesus, admirava seus feitos e aprendia com Ele. A este, Jesus encarregou a responsabilidade de cuidar de sua mãe. "Ora Jesus, vendo ali sua mãe, e que o discípulo a quem ele amava estava presente, disse a sua mãe: “Mulher, eis aí o teu filho. Depois disse ao discípulo: Eis aí tua mãe. E desde aquela hora o discípulo recebeu Maria em sua casa."   Ainda na cruz, na maior dor e angustia, Jesus  se preocupou com as pessoas que estavam dentro de seu coração, em alianças profundas e eternas... sua mãe e seu melhor amigo. A mensagem naquele momento seria: “Cuidem-se mutuamente.” Jesus sabia que ambos sofreriam, e que somente eles se entenderiam em suas dores... “O amor une perfeitamente todas as coisas.” E aí, João se uniu a Maria e Maria a João... mãe e filho. Dores e perdas unem pessoas, isso é um fato, e Deus as colocam num mesmo lugar, seguindo um mesmo propósito.

Deus dobra vontades e conduz corações.                                                  acima-de-tudo

Mas não é só amizade... Deus dá amor para a vida toda e usa esse amor para realizar seus planos.  Deus quando quer agir, nada é empecilho... nem cor, raça ou títulos. O amor Do rei Assuero pela judia, Ester, é a prova disso. O rei amou a Ester mais do que a todas as mulheres, e ela alcançou perante ele favor e benevolência mais do que todas as virgens; o rei pôs-lhe na cabeça a coroa real e a fez rainha em lugar de Vasti (Ester 2:17). O rei precisou sofrer a derrota de ser humilhado por sua mulher diante de seus oficiais, para encontrar em uma Judia, o amor verdadeiro e fiel. E assim Deus prosseguiu com seu plano de salvação. O livro de Ester nos conta uma história comovente.  Ela é, portanto, a história da preservação soberana de Israel por Deus, de cuja nação Cristo estava destinado a vir. É uma demonstração extraordinária e surpreendente dos caminhos misteriosos e maravilhosos da providência de Deus. Deus tinha propósito naquele lugar e com aquelas pessoas. E Deus dobrou vontades, inclusive do rei. Conduziu corações, como o da rainha, Ester. E abençoou seu povo... os judeus.

É claro que muitos exemplos se tem na Bíblia... mas esses nos esclarecem os dois pontos principais:

Deus une pessoas num amor perfeito e esse amor une perfeitamente todas as coisas.

Deus dobra vontades e conduz corações.

Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

QUANDO DEUS NOS LEVA PARA O DESERTO...

Passemos para o outro lado... mudança de nível.

O agir de Lapidote...