Profecia para hoje... tempo de restauração!

Eu estou convosco, e eu me voltarei para vós, e sereis lavrados e semeados... e farei vosso estadoflor_no_deserto2 melhor que os vossos princípios. Ezequiel 36.9,11(B)

Após a destruição do inimigo do povo de Deus o que se segue é profecia de restauração. Todo ato de restauração é para a glória de Deus... era pelo nome de Deus que Jerusalém seria edificada novamente, que suas terras voltariam a ser produtivas e povoadas. Era para testemunho diante das nações pagãs e conversão delas.  Não obstante o tempo de cativeiro, Israel agora tinha uma profecia de restauração, uma promessa de renovo... “e farei vosso estado melhor que os vossos princípios.” As oportunidades que Deus estava dando eram incomparáveis... o cativeiro era físico, geográfico e principalmente espiritual. Havia uma aliança entre Deus e o povo, que este, quebrou ao desobedecer... A restauração de Israel estava abrangendo o físico e o espiritual. Era plena...total!

Quando Deus nos prova é para despertar o nosso melhor. Quando satanás nos tenta é para despertar o nosso pior.

Não importa o que Israel fez, o cativeiro foi uma proposta de reflexão, de arrependimento e despertamento para o que eles realmente poderiam ser nas mãos de Deus. Suas escolhas foram objetos de escárnios e motivos da escravidão, mas agora eles tinham o recomeço... a oportunidade de mostrar o seu melhor.

Em se tratando de Deus e do seu cuidado, passei usar somente reticências... Ele não se esgota de amor e poder!

Todo ato de Deus traz em si, a graça. É impossível você olhar para o velho testamento e não enxergar a graça superabundando sobre o pecado... olhar para o povo de Israel, seus altos e baixos, declínios e altitudes e não presenciar Deus manifestando a graça, é simplesmente um equívoco, mais que isso, lamentável.  A graça tá lá na profecia, na promessa, na restauração, na aliança...

Veio, porém, a lei para que a ofensa abundasse; mas, onde o pecado abundou, superabundou a graça;
Romanos 5:20

Existe a graça... e ela é implacável. Posso vê-la, ainda agora. Você não a vê? Insistimos com o que queremos, com a desobediência, com a vontade própria... Deus nos responsabiliza pelas nossas escolhas, nos permite por vezes o cativeiro, nossa terra é tomada pelos inimigos, vivemos um declínio espiritual enorme fora da vontade de Deus... mas aí, Deus levanta sua mão, faz cessar os anos que foram tomados por Babilônia, nos restaura, renova a aliança e nos faz prosperar novamente. Isso é graça... a profecia de ontem, é pra hoje, também! O velho testamento tem mensagem própria... e Deus fala, contundentemente, conosco. Hoje pode ser o princípio de sua restauração. Creia!

Que ela chegue até você...

Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

QUANDO DEUS NOS LEVA PARA O DESERTO...

Passemos para o outro lado... mudança de nível.

O agir de Lapidote...