Nosso dilema... somos pó!

 

2014-04-17 021trio2

Richard Holloway:

“Esse é o meu dilema. Eu sou pó e cinzas, frágil e inconstante, um conjunto de respostas comportamentais predeterminadas... cheio de temores, cercado de necessidades... sou a quintessência do pó e ao pó voltarei... Mas há algo mais em mim... Eu posso ser pó... mas pós angustiado, pó que sonha, pó que possui estranhas premonições de transfiguração, de uma glória aguardada, de um destino preparado, de uma herança que um dia será minha... Assim, a minha vida é esticada numa dolorosa dialética entre cinzas e glória, entre fraquezas e transfiguração. Eu sou uma pergunta para mim mesmo, um enigma exasperador... essa estranha dualidade de pó e glória.”

Se amanhã eu acordar, sei que Tu estarás comigo. Se não mais acordar, sei que, certamente, estarei contigo, Senhor... "Mesmo que não possamos ver o rosto de Deus, tenhamos confiança pois estamos sob a sombra de suas asas." Charles H. Spurgeon

Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

QUANDO DEUS NOS LEVA PARA O DESERTO...

Passemos para o outro lado... mudança de nível.

O agir de Lapidote...