Diamantes... ou pedras?

1326575009841_f

A palavra AMOR vem do latim amor, que quer dizer “amizade, dedicação, ternura, desejo grande, paixão, objeto amado.”

“Nascemos ímpares e ao longo da vida nos tornamos pares.”

“Os homens e mulheres precisam um dos outros para equilibrar suas forças, compensar suas fraquezas e experimentar maior satisfação mútua. Entretanto, por causa da degeneração humana, nós desenvolvemos relacionamentos como se devêssemos nos destruir e não nos completar.”

( O fim das guerras do sexos – James D. Mallory)

“Relacionamentos necessitam tempo e concentração para serem edificados e fortalecidos. Andar, comer, conversar, brincar, trocar experiências, enfim, conviver. É disso que um relacionamento necessita para se sustentar e ser fortalecido.  As pessoas precisam ser ouvidas, necessitam encontrar quem se interesse por sua história de vida, que consigam focar naquilo que têm para compartilhar. Viver é relacionar-se e para isso é preciso tempo juntos, disposição para romper com a correnteza da superficialidade e até da artificialidade, remar contra a maré e cada um parar e deixar que o outro lhe conte sua história. Então, passar a experimentar a alegria e a bênção que é relacionar-se com alguém de verdade, cujo coração e até a alma não sejam estranhos pelo contrário, transpareçam através do convívio e gerem solidariedade, interatividade e crescimento pessoal. ‘(Pastor Lécio Dornas)

Boa noite!

Pela cruz de Cristo, Maristela Guimarães.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

QUANDO DEUS NOS LEVA PARA O DESERTO...

Passemos para o outro lado... mudança de nível.

O agir de Lapidote...